sexta-feira, 3 de maio de 2019

GRANDES RIOS – Situação da infestação do mosquito da Dengue

               No dia 02 de maio, de 2019, nossa reportagem recebeu informações do Eduardo Garcia, que trabalha como Coordenador de Endemias, no município de Grandes Rios. Segundo ele, nos últimos dias, a equipe da Vigilância Sanitária fez um estudo epidemiológico no município, cujo resultado trouxe preocupações e serve de alerta aos munícipes. O levantamento chama atenção para locais com alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. Com intensificação de visitas regulares, nos domicílios da cidade, os agentes estão encontrando muitos recipientes com água parada e larvas, o que leva a uma grande proliferação do mosquito. As localidades com  alto risco são: Ribeirão Bonito 1,7% e Florida do Ivaí 1,3%. Na sede do município, os pontos preocupantes são: Ginásio: Conjunto Silvério Siqueira, Conjunto Tranquedo Neves e Conjunto José Lino Dal Bem; com 3,0%; Estádio: Ruas Amazonas, Rua Pasteur e Rua Vital Brasil, com 2,4% e o Centro, com 2,2%. A maior parte do foco encontrada, são lixos em geral e caixas d’ água. Por fim, o Coordenador de Endemias, Eduardo Garcia, ressalta que a população precisa fazer sua parte, mantendo quintais limpos e sem água parada. "Cuidar é um dever de todos", disse ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA