sexta-feira, 11 de outubro de 2019

APUCARANA - R$200 mil para atendimento no CRAS e CREAS

            O prefeito Júnior da Femac participou na manhã desta quinta-feira, 10 de outubro, de 2019,  no Palácio Iguaçu, em Curitiba, de evento no qual foi anunciado apoio financeiro para a Assistência Social dos municípios. Serão distribuídos R$ 19 milhões para 154 municípios aplicarem no auxílio imediato, beneficiando pessoas em situação de necessidade social e vítimas de adversidades climáticas. O evento foi presidido pelo secretário da Justiça e Família Ney Leprevost e pelo secretário Chefe da Casa Civil, Guto Silva.  O prefeito Junior da Femac diz que Apucarana vai dispor de um aporte de R$ 200 mil do Governo do Estado, via Secretaria Justiça e da Família. “Isso demonstra o trabalho do governo Ratinho Junior em todas as áreas, visando atender famílias de uma faixa mais vulnerável da população. E no caso de Apucarana, fomos contemplados por mantermos uma rede de CRAS e CREAS bem estruturada, pela equipe da secretária Ana Paula Nazarko e pela secretária anterior, a atual vereadora Márcia Souza”, avalia o prefeito, acrescentando que o dinheiro será aplicado nas políticas de assistência social do Município.  O repasse foi formalizado pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, e o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “Esse repasse é para ajudar a aprimorar o trabalho prestado nos Creas e Cras, que são os locais onde as pessoas com vulnerabilidade social são atendidas nos municípios”, explicou o secretário Ney Leprevost. “O Estado faz repasses contínuos para a assistência social e também está construindo mais estruturas em diversas cidades. São espaços fundamentais, porque trabalham na ponta com as pessoas mais pobres”, disse.  Os recursos são do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) e foram aprovados pelo Conselho Estadual de Assistência Social. A maior parte dos recursos visa qualificar o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social. As prefeituras poderão usar o dinheiro para compra de equipamentos ou veículos para o atendimento social feito no Cras e Creas.   O chefe da Casa Civil, Guto Silva, afirmou que o governo tem o compromisso com a população que utiliza as políticas de assistência social. “Em um momento de crise econômica e de dificuldades, os problemas da área social se agravam. O governo tem que estar atento, pensar muito no viés de acolhimento e cuidado com as pessoas”, ressaltou Guto Silva.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA