quarta-feira, 9 de outubro de 2019

GRANDES RIOS - Preso comete ato extremo dentro da cadeia

No link de vídeo, ouça entrevista com o Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, comentando sobre o tema 
            TRÁGICO   Por volta das 07:00 horas da manhã, deste dia 09 de outubro, quarta-feira, o detento Marcos Antonio Lopes, de 32 anos, morreu dentro do cubículo onde estava recolhido na cadeia pública de Grandes Rios. Segundo o Delegado, Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, o homem pode ter premeditado a morte, ao colocar fogo em um colchão, na entrada da cela, impedindo que o agente de plantão, um investigador,  pudesse o socorrer. Quando o fogo começou, os demais detentos foram retirados, mas Marcos não resistiu e faleceu. A causa morte será esclarecida, se foi por conta das chamas ou de um corte profundo que tinha no pescoço.  Com ajuda do  Corpo de Bombeiros, de Faxinal,  foi possível controlar o incêndio e entrar no local. O homem estava com o ferimento e  havia muito sangue no piso, o que leva o delegado a deduzir que realmente foi um ato extremo. Todas as providências foram tomada para apurar o que exatamente aconteceu.  No link de vídeo, ouça a fala do policial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA