quinta-feira, 17 de outubro de 2019

GRANDES RIOS - Presos os envolvidos no roubo e sequestro de vítima


Foram detidos todos os acusados de assaltar mulher, que também foi sequestrada e sofreu constrangimento ilegal

    No dia 16 de outubro, de 2019, após incessante investigação da equipe de investigadores de Faxinal e Grandes Rios, sob o comando do Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, foram anunciadas as prisões de quatro supostos envolvidos com o roubo, ocorrido na data do dia 11 de outubro, que chocou toda a população de Grandes Rios. O primeiro suspeito, de nome Juliano C. A. R. de 21 anos, já tinha sido preso antes dos demais. Os  outros são: um adolescente, que é apontado como o segundo autor do roubo, que entrou na casa e ajudou a levar a mulher como refém; um homem de nome Aristides, que não tem ligação com o assalto, mas teria ficado com o celular roubado, portanto, receptador; ainda um rapaz de nome Heitor, que tem suposto envolvimento com o delito. "Depois do crime, o menor, o Juliano e o Heitor, foram até o bar do Aristides (Bar do Tide) e ficaram gastando o dia todo, pagando cerveja e espetinho para pessoas. Ao final do dia, pegaram um celular, oriundo do crime, e entregaram ao comerciante. Inclusive ele disse que o Juliano e o Heitor foram os que repassaram o aparelho. Também identificamos a pessoa que está com o veículo, a qual se encontra desaparecida", afirmou Ricardo Mendes em entrevista ao Blog do Berimbau e Rádio Nov Era.    Apuramos que as prisões renderam elogios ao Delegado Ricardo Mendes, que novamente demonstra muita competência, junto com sua equipe,  para apurar fatos e desvendar crimes na região. Todos os detidos ficaram recolhidos, a disposição do poder judiciário. Já o Fiat Uno, foi recuperado, no dia 18 de outubro, de 2019, pela Polícia Militar de Faxinal. Ele estava no Jardim Santa Helena, em estado de abando, com todos os vidros quebrados e placa fria. Além da acusação de roubo, os principais suspeitos vão responder por estupro e outros crimes. Aristides alega inocência, que não sabia da procedência do celular. Ele pagou fiança e vai responder em liberdade. Os demais também optaram pela negativa do crime, mesmo com as fortes evidências.  SOBRE O CRIME - A cidade de Grandes Rios ficou chocada com um fato ocorrido durante a madrugada de 11 para 12 de outubro, de 2019. Uma mulher, que vamos preservar o nome, por conta de uma situação constrangedora que ela viveu, foi roubada, agredida, sequestrada e sofreu outras agressões. Segundo informações do Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, a vítima, uma pioneira, reside sozinha por conta do falecimento, já há algum tempo, de seu marido. Por volta das 03 horas, sua residência foi invadida por dois bandidos armados de faca e encapuzados. Eles pediram dinheiro e encontraram três mil em uma bolsa, como acharam que era pouco, começaram a agredir a senhora com socos na cabeça, puxões de cabelo e chutes nas costas. Para fugir, roubaram o veículo da vítima, uma Fiat Uno de cor cinza, com placa final 3494 e a levaram como refém. Também foram roubados objetos, como TV, joias e outros. Após cerca de uma hora, já em Faxinal, os bandidos pararam o carro para libertar a vítima, mas antes a constrangeram de forma covarde. O crime gerou revolta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA