sábado, 12 de outubro de 2019

IVAIPORÃ - Rotam estoura mais uma suposta "Boca de Fumo"

Mãe, amásio e filho, são acusado de associação para o tráfico de drogas.  Na residência foram apreendidos cerca de 35 mil reais em entorpecentes e vários objetos de origem duvidosa 
             A equipe da "Rotam Ivaiporã", estourou mais uma suposta "Boca de Fumo", no município de Ivaiporã. Ação foi registrada no dia 11 de outubro, de 2019, na Rua Joaquim Nabuco, no Jardim Belo Horizonte. Adriana;  Leandro e Eduardo, foram detidos.  As acusações são de tráfico; associação para o tráfico e adulteração de sinal identificador de veículo. Após várias denúncias  de que, mãe, amásio e filho, era traficantes, a equipe Policial fazia patrulhamento nas proximidades, momento em que deparou com uma Honda CG 150 preta, deixando o endereço. Com abordado, que é acusado de ser o entregador, foi encontrado, em seu bolso, um invólucro com cocaína pesando uma grama e R$255,00. Indagado, o motoqueiro, confirmou que entrou  na residência, alvo das denúncias, e pegou a droga na varanda de dentro de um fogão. Ao fazer o adentramento ao local, a Rotam visualizou o conhecido "Lelinho", que estava no quarto, sentado no chão e, ao seu lado, uma balança de precisão na cor branca. O rapaz estava picando, com uma colher, entorpecente do tipo crack, quantia de 46,2 gramas. No mesmo ambiente havia R$624,00 reais troncados. Já no quarto, ao lado, estava a mãe, Adriana. No beral do forro, área externa, havia uma sacola com um pote contendo 30 invólucros e mais  7 invólucros separados, todos de cocaína, que pesaram 55,2 gramas. Ainda dentro da sacola, havia um "tijolo" de cocaína de 455 gramas, junto a duas balanças de precisão. Na continuidade das buscas, dentro de um fogão velho, foi localizado um pote branco com tampa vermelha e 17 invólucros pequenos de cocaína, idênticos ao encontrado com o abordado, além de mais 6 invólucros de tamanho maior, que totalizaram aproximadamente 38,9 gramas. Em seu boletim, a 6ª Companhia da PM informou que no quarto de Adriana e Lelinho, na gaveta do guarda-roupas, havia R$2.054,00 em notas diversas; várias moedas somando R$ 57,90. Em outros locais, do imóvel, foram localizados alguns objetos de origem duvidosa, que os moradores não souberam informar a procedência, por isso, foram apreendidos: alguns celulares; câmera portátil esportiva digital; martelete perfurador industrial; Serra Bosch e uma Motocicleta, Honda XR 200 vermelho e branca que estava sem placa e a numeração chassi pinado, não sendo possível verificar a procedência. Como no endereço, havia uma criança, foi acionado do Conselho Tutelar. Ao final, a droga apreendida totalizou 549,1 gramas de cocaína, 46 gramas de crack, ou seja, um prejuízo de cerca de 35 mil para o tráfico, e R$2.735,90 em dinheiro. Tudo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil.  RESPOSTA - Todos os acusados citados, negaram envolvimento com o tráfico e disseram que vão esclarecer as informações no decorrer do processo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA