sexta-feira, 29 de maio de 2020

LUTO - Faleceu o conhecido jornalista Gilberto Dimenstein

  O Portal G1 informou que o  jornalista e escritor Gilberto Dimenstein morreu em São Paulo nesta sexta-feira (29). A informação foi confirmada pela editora chefe do site Catraca Livre, do qual o jornalista era fundador e proprietário.  Autor de mais de 10 livros, Dimenstein lutava desde 2019 contra um câncer no pâncreas.  Em um vídeo postado numa rede social em abril, o jornalista disse que vivia o momento mais difícil de sua vida.  Paulistano e de origem judaica, Dimenstein se formou em jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, na capital paulista. Em 1994, publicou "O Cidadão de Papel", que ganhou os Prêmios Jabuti e Esso de melhor livro de não ficção daquele ano. Na obra, o autor busca mostrar o desrespeito aos direitos humanos na nossa sociedade e apresenta uma rede que une o assassinato de crianças, a violência, a fome e a falta de escola com o desenvolvimento da economia, a crise da educação, a falta de emprego. O livro discute o papel dos jovens como cidadãos de deveres e direitos , analisa as instituições do país e trata de questões sociais, como a má distribuição de renda e a desigualdade social. A obra também traz reflexões sobre documentos como a "Declaração Universal dos Direitos Humanos".  - Clique Aqui e veja mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA