19/09/2020

ARIRANHA - Agricultor é acusado de vários crimes ambientais

     O 3º Pelotão da Polícia Militar Ambiental, de Apucarana, no dia 18 de setembro, registrou dano em floresta de preservação permanente em Ariranha do Ivaí. Sargento Arruda e soldado Brito, estiveram no local e fizeram um auto de infração de R$11.450,00. Consta no boletim, que, em atendimento a denúncia, a equipe foi ao local, com informações que o proprietário estava realizando a destruição da vegetação nativa, além de ainda se  utilizar-se de fogo em área agropastoril para aumentar o plantio, inclusive, ficou constado o fogo em área de agrossilvicultura de 489m²;   dano com uso de maquinário pesado no caule de uma árvore araucária; dano em espécies exóticas e nativas em área de reserva legal de 0,78 hectare; e danos de especies nativas e exóticas em área de nascente. Consta que o proprietário confirmou que realizou  os serviços e que não tinha nenhuma autorização do órgão ambiental competente. Todas as providências foram tomadas.  (Mais fotos no link abaixo)










Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA