23/09/2020

BORRAZÓPOLIS - Dois moradores presos pela Civil acusados de tráfico

           ENTREVISTA COM DR. RICARDO          
No link de vídeo Dr. Ricardo fala sobre casos de tráfico 
Após denúncia, ambos foram flagrados no trevo  de divisa com Cruzmaltina, no exato momento da suposta entrega de drogas, cerca de 5 mil em cocaína. Também estavam com revólver   
      Dois moradores de Borrazópolis foram presos pela Polícia Civil, de Faxinal, equipe do Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, que não tem descansado nos últimos dias e já prendeu, nos municípios da Comarca, cerca de 20 suspeitos de tráfico. Segundo informações, nesta noite, de 22 de setembro, de 2020, terça-feira, por volta das 21 horas, na BR 272, no trevo da Coamo, entre Borrazópolis e Cruzmaltina (Entrada da Coamo), dois homens de Borrazópolis, foram detidos suspeitos de vender drogas. "O nosso Setor de Inteligência, da 53ª DRP - Delegacia Regional de Polícia, recebeu denúncia anônima, dando conta de que,  dois masculinos, num veículo Gol, de cor prata , iriam realizar a entrega de 100  gramas de cocaína no local em questão. De posse dessa informação, nossa equipe policial foi até o endereço e flagrou os suspeitos, no exato momento da suposta entrega da droga. Além do entorpecente, foram apreendidos: um revólver calibre .38, com seis munições de mesmo calibre, celulares, o veículo usado na prática delitiva e dinheiro em notas diversas", informou o Delegado Ricardo. Segundo informações, a droga apreendida com eles, tem valor estimado de cinco mil reais. "Para mim disseram que receberiam 500 reais para entregar a droga a mando de alguém. O que mais chamou atenção, foi a arma, possivelmente para proteger a entrega", finalizou o delegado. Eles foram encaminhado a delegacia de Faxinal, onde seriam autuados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Uma pessoa, que fez contato com o Blog do Berimbau, disse que era  parente dos detidos, e informou que os flagrados foram Júlio Cezar Batista de Jesus e Gustavo Henrique de Lima Xavier. Também pediu a não divulgação dos fatos, ou caso, fosse divulgado, que  fizéssemos constar o direito de resposta, ou seja, que eles negam a prática do tráfico e que vão provar inocência.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA