11/09/2020

IVAIPORÃ - Equipe ROTAM registrou três casos de tráfico em cinco horas

Tráfico na Rua Moisés Lopes da Silva
Rua Apucarana irmãos acusados de tráfico 
Tráfico ao entorno da Delegacia de Polícia 
Na Rua Moisés Lopes da Silva homem detido quando entregava droga a usuário. Rua Apucarana, indivíduo foi flagrado com buchas de maconha. Ainda foram apreendidos menores tentando jogar droga no solário da cadeia  
       No dia 10 de setembro, de 2020, a Polícia Militar de Ivaiporã, numa ação da equipe ROTAM, registrou três casos de tráfico de drogas. O primeiro, foi às 16h29min, na Rua Moisés Lopes da Silva, onde os policiais patrulhavam em busca de um indivíduo denunciado por tráfico. Em determinado momento, ele foi flagrado entregando um pequeno invólucro de cor branca a uma pessoa que estava sentada em frente a sua casa e próximo a uma moto, porém no instante que ele visualizou a viatura, recuou em entregar, colocando em seu bolso. Realizado abordagem, em ambos, foi encontrado com ele, em seus bolsos: seis invólucro de sacola plástica branca contendo cocaína e R$110,00 reais em cédulas. Foi feita uma varredura na casa, mas já com informações que ele não usa a residência para armazenamento de um grande volume, deixando no imóvel somente o necessário para algumas vendas, mas que possui um "mocó". No quarto havia um caderno com várias anotações e com valores em frente a cada nome, inclusive, de meliantes conhecidos no meio policial, por envolvimento com drogas. Tudo foi apreendido e levado para a Delegacia. TRÁFICO 2 - O segundo caso, foi às 20:30 horas, de 10 de setembro, na Rua Apucarana. As denúncias apontavam que dois irmãos estavam realizando venda de drogas nas proximidades da ponte da pista de caminhada, a beira rio, Ao fazer a incursão a pé, os soldados da ROTAM localizaram o principal suspeito sentado em um banco. Ao perceber a PM, ele jogou um invólucro de sacola plástica branca, sendo constatado que havia 11 buchas de maconha e pesando 27,7 gramas. No bolso, mais R$30,00 reais em 3 cédulas de 10,00. Diante dos fatos, recebeu voz de prisão. Como havia denúncia, que nos fundos da casa ele escondia droga, numa mata, os policiais foram até o endereço, sendo que, na casa, nada foi localizado e no referido mato, havia invólucro de sacola amarela e sob um tronco de árvore com 17,5 gramas de maconha. Também mais sacolas contendo um tijolo de maconha pesando 191,5 gramas. TRÁFICO 3 - Por fim, os policiais registraram o terceiro caso, no dia 10 de setembro, às 21h05min, na Rua Emílio Menezes. A ROTAM informou que durante deslocamento, para lavratura de boletim de ocorrência de flagrante de tráfico, avistou, na avenida, Próximo a delegacia, um casal, que empreendeu fuga, porém foi alcançado. Era um menor, de 16 anos, que trazia, na cueca, uma sacola contendo 58 invólucros de plástico azul, que pesaram 188 gramas de maconha, juntamente com uma porção de arroz, que é usada para dar peso a droga, para que ela possa ser jogada no solário da cadeia. Questionado se havia mais drogas, disse que não. Também informou o nome do preso que solicitou a droga de dentro da cadeia. Havia uma menor, de 12 anos, com o jovem, mas com ela não havia nada de ilícito. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA