04/09/2020

KALORÉ - Jovens detidos e pelo menos oito crimes relatados


Os acusados, em um Fiat Pálio, fugiram da viatura e foram alcançados na rodovia. Houve resistência e muita confusão  
  Alguns jovens foram detidos pela Polícia Militar, de Kaloré, acusados de pelo menos oito crimes: Ameaça, desobediência, resistência , desacato, embriaguez ao volante, lesão corporal e infração de trânsito e droga para consumo. Os soldados J. Ferreira; Gouveia, Chipil e Braz,  de Kaloré e Marumbi, trabalharam na ocorrência. Em seu boletim, a Polícia Militar, comando do Cabo Vecchi, informou que a viatura fazia patrulhamento na cidade, quando visualizou um Fiat Pálio cinza em atitude suspeita e com pendências no documento desde 2015. Ao tentar abordagem, o condutor empreendeu fuga, pegando a rodovia, sentido Borrazópolis, e somente após três quilômetros, parou e foi abordado na PR-466. De dentro do carro saíram: condutor, cujo nome não foi informado pela PM, mas seria um tal de Alexandre Severino, de, aproximadamente, 26 anos, morador de Mandaguari,  o qual não tem CNH e estava com sintomas de embriaguez. Também dois passageiros, sendo um menor, de 17 anos, e um  jovem de nome Giovane, que usa tornozeleira eletrônica e tem cerca de 23 anos. Dentro do carro, havia latas de cerveja e um dichavador, que é usado para triturar maconha; também uma porção de maconha de 0,3 gramas; uma porção de cocaína de 0,4 gramas e dinheiro em espécie.  "No momento da abordagem, começaram a tumultuar. O menor tentou tomar a arma do soldado J. Ferreira, entrando os dois em vias de fato. No atrito, o policial feriu o dedo polegar. O motorista e o menor, ainda ameaçaram a equipe de morte, dizendo que iria roubar a Bros vermelha do saldado (J. Ferreira), dizendo saber que ele era morador de Marumbi, e que o roubo seria  para pagar o carro que estavam apreendendo", informou o boletim da PM. O condutor ainda pegou o celular e começou a filmar a equipe. Giovane permaneceu calado. De repente, Alexandre e o menor fugiram para uma plantação e não foi possível a localização. Foi pedido apoio para Marumbi, sendo enviado para o local, os soldados Braz e Chipil. Enquanto ambos iniciaram buscas aos fujões, a equipe de Kaloré tomava as demais providências. Pouco depois, Marumbi visualizou um Kadett preto em atitude suspeita sentido Kaloré, carro este que havia resgatado os dois rapazes que fugiram. Depois de acompanhamento tático, o veículo parrou e foi abordado. Dele, desceu o motorista do Pálio, que novamente saiu correndo, mas foi alcançado pelo soldado Chipil. Eles entraram em vias de fato, ficando o policial ferido na perna. Novamente o jovem fugiu. No Kadett, o soldado Braz, identificou o condutor: João Maria, que não tem habilitação e um passageiro de nome Elias. Nele também estava o menor, que novamente investiu com força física e houve luta corporal, mas ele foi contido. Depois de muita confusão, todos foram levados para o Destacamento e o caso foi entregue para a Polícia Civil, de Jandaia. Pelo menos três policiais precisaram de atendimento médico. Na delegacia, os acusados negaram que tenham cometido os crimes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA