10/09/2020

POLÊMICA - Duplicação entre Ortigueira e Mauá começa com reclamação

No km 314 da BR-376 usuários da rodovia reclamam que a empresa está fazendo uma mureta divisória antes da duplicação, o que pode deixar motoristas sem uma válvula de escape em caso de um acidente ou imprevistos 
     Da região de Mauá da Serra e Ortigueira, o começo da duplicação, no km 314, ou seja, no trecho que ainda não está duplicado, da Serra até Ortigueira, iniciou com polêmica. Alguns moradores enviaram vídeos e fotos para o Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, reclamando e fazendo alumas ponderações importante.   "É preciso cobrar da Rodonorte, ou da empresa que vai fazer a duplicação, que  o usuário precisa de segurança. Pelas fotos é possível observar que eles estão cortando o acostamento e fazendo uma mureta, antes mesmo da duplicação ocorrer. O grande perigo, é que esse trecho é muito arriscado,  e,  em caso de uma ultrapassagem, de um caminhão sem freio, enfim, de um acidente, o motorista não tem válvula de escape e pode ocorrer uma tragédia, assim como já ocorreu nesta mesma rodovia na região de São José, em Marilândia do Sul, onde havia a mureta e um caminhão bateu em alguns veículos", disse uma moradora da região da "Serra do Cadeado". Nossa reportagem tentou contato com a assessoria da Rodonorte, mas até a publicação desta reportagem, ainda não havia respostas, assim como também não foi informado qual a empresa está responsável pela execução da obra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA