17/09/2020

ROLÂNDIA - Sargento da Reserva e Presidente do Nacional é morto a facadas

Um sargento da Polícia Militar, do Paraná, que estava na reserva, também empresário, ex-vice prefeito e presidente do Clube Nacional, foi morto a facadas em Rolândia. A vítima é José Danilson Alves de Oliveira, de 58 anos, e sua morte foi anunciada em 16 de setembro, de 2020, após ele ser hospitalizado, vítima de golpe de faca. O acusado do crime, é o ex-atleta do Nacional, time que Danilson dirigia desde a década de 2000. Vinícius Henrique Corsini da Silva, 20 anos, confessou, segundo a imprensa local, que usou uma faca. "Danilson saiu de sua empresa, que comercializa internet, em Rolândia, e estava caminhando em direção ao seu carro, em 16 de setembro, na Rua Santa Catarina, quando foi abordado pelo ex-jogador, do qual ele era dono do seu passe. Em meio a discussão, o jovem o esfaqueou. Em seguida, jogou a faca no chão e tentou fugir, mas foi contido por populares na rua Adolf Schaeffer", informou a Polícia Militar. A motivação estaria ligada ao passe do jogador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA