13/09/2020

SÃO JOÃO - Marido atira na mulher e houve mais dois casos de agressão

Além da pessoa ferida com tiro,  um marido agrediu a esposa e o sogro e houve situação de violência doméstica envolvendo namorados       
    No dia 12 de setembro, de 2020, foram três casos de violência doméstica em São João do Ivaí. Em um deles,  uma mulher foi ferida, após o marido disparar tiros, fato ocorrido às 14 horas, na conhecida Vila rural. Ao localizar a vítima, ela relatou que estava na casa de sua sogra, quando teve uma discussão com seu marido envolvendo o almoço, sendo que em determinado momento, seu esposo buscou uma arma longa e disse: ''agora você vai aprender como se educa uma mulher''. Em seguida, realizou dois disparos próximo da vítima, sendo que um deles teria ricocheteado e acertado a perna da mulher, causando uma lesão leve. Os Policiais encaminharam a esposa para o hospital municipal e, em seguida, foram a casa de sua sogra. Ela relatou que o autor já havia ido embora, levando a arma, mas entregou duas munições calibre 22 e informou que o filho saiu para rumo incerto. OUTROS CASOS - Também, em 12 de setembro, às 21:30 horas, na Rua Carlos Taboni, outra mulher disse que o marido chegou alcoolizado e a chutou. Desesperada pediu ajuda para seu Pai, o qual tentou intervir na situação, porém foi agredido com socos no rosto, causando lesões no nariz e face. O autor foi detido e levado para a Delegacia de São João do Ivaí, onde ficou preso. As vítimas foram conduzidas para o Hospital. O terceiro chamado, foi às 20h52min, na Avenida Brasil. Ainda estamos buscando mais detalhes, pois há informações que não existe Av. Brasil em São João do Ivaí.  De qualquer foram,  a assessoria de comunicação da PM, informou que uma mulher disse que seu namorado, foi até sua residência e discutiram, momento que ele começou a agredi-la com tapas na face, enforcamento e dizendo que a mataria. A vítima aguardou um descuido do acusado e saiu correndo para a rua, sendo perseguida, mas entrou em uma residência que estava com o portão aberto pedindo socorro, onde os moradores a acolheram e não deixaram que o homem continuasse a lhe agredir. O namorado voltou a sua casa, onde furtou o aparelho celular da namorada e também a chave da residência e fugiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA