19/09/2020

São Pedro do Ivaí perde o conceituado Edival Seco

       O Governo Municipal de São Pedro do Ivaí vem respeitosamente prestar condolências à Família Seco pelo falecimento, neste sábado (19/09), do advogado, professor e ex-vereador Edival Seco, aos 76 anos. Profº Edival estava internado no Hospital Norte Paranaense (Honpar) desde o dia 9 de setembro e não resistiu ao tratamento contra a covid-19. É o oitavo óbito de coronavírus no município. O anúncio de sua morte gerou comoção em toda a cidade. Por se tratar do coronavírus, não houve velório e o sepultamento do corpo ocorreu no fim da tarde deste sábado (19/09) no Cemitério Municipal Cristo Rei de São Pedro do Ivaí. “Neste momento, não há palavras para expressar a dor de perder alguém que respeitamos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos. Muito respeitosamente, deixamos os nossos mais sinceros pêsames.” – Prefeitura Municipal de São Pedro do Ivaí. Quem foi Edival Seco?: Nascido em Nova Aliança (SP) em 1943, Edival Seco chegou em São Pedro do Ivaí no dia 24 de agosto de 1961, após escapar, por uma calça manchada, de um acidente fatal com o ônibus que levava membros da Fanfarra de São José do Rio Preto-SP à Barretos, um ano antes. (O professor conta essa passagem em um vídeo no facebook da prefeitura). Ao chegar a São Pedro do Ivaí, o aluno Edival Seco concluiu os estudos do ensino fundamental em Jandaia do Sul, retornando à “Cidade Acolhedora”, já como técnico em contabilidade. Edival Seco foi vereador do município na 5ª legislatura (1973 a 1977). No ano seguinte se tornou assessor do então prefeito Silvério Seco, na gestão 1978 a 1983. No final da década de 70 foi convidado para dar aulas de história no Ginásio Júlio Plank Bitencourt, que funcionava no prédio do Colégio Vicente Machado. Ali começava uma história de amor à educação. Foram 35 anos dedicados a arte de ensinar e transmitir conhecimento aos alunos são-pedrenses no Colégio Estadual Vicente Machado. Totalmente envolvido e apaixonado pelo jeito de viver de São Pedro do Ivaí, o professor Edival Seco contribuiu com o desenvolvimento político da cidade, ajudando a criar e formatar órgãos e conselhos, como o Conselho Comunitário de Segurança de São Pedro do Ivaí (CONSEG), criado em 2005. No dia 17 de janeiro deste ano, o professor recebeu uma homenagem pelos 15 anos de dedicação e empenho ao CONSEG de São Pedro do Ivaí. “Fazíamos parte do Conselho de Segurança da Comarca de Jandaia do Sul, quando foi sugerida a criação de um CONSEG em São Pedro do Ivaí. Corremos atrás de toda documentação e conseguimos fundar este órgão no município” relembrou Edival. “Fiquei muito emocionado, tenho recebido outras homenagens, mas esta é única e me deixa muito orgulhoso de fazer parte da comunidade de São Pedro do Ivaí”, conta. Além disso, ele teve a honra, ao lado de José Custódio, de formar e ensaiar uma das melhores fanfarras do município, que tocaram em desfiles memoráveis. No total, foram 17 anos de envolvimento e carinho com a Fanfarra Municipal de São Pedro do Ivaí. Ah, a outra paixão dele era torcer para o Palmeiras, seu time de coração. No entanto, uma função que ele adorava realizar era de Mestre de Cerimônias durante as posses dos prefeitos e também em eventos oficiais do município. Já aposentado como professor, Edival Seco trabalhava atualmente como assessor jurídico na Câmara de Vereadores de SPI desde 2002 e fazia parte da atual diretoria do CONSEG como 2º Secretário. Em abril de 2010, o professor recebeu o título de Cidadão Honorário de São Pedro do Ivaí. Viúvo, professor Edival estava em seu segundo casamento. Ele deixa três filhos, todos do primeiro matrimônio. “Nasci em Nova Aliança, mas sou SÃO-PEDRENSE DE CORAÇÃO” (Edival Seco em 17 de Janeiro de 2020)    (Por Jean Ton Sig)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA