05/09/2020

TRÁGICO - Neto confessa que matou o avô na cidade de Londrina

     A Polícia Militar informou que foi acionada, via 190, com informações que havia um indivíduo em atitude suspeita vigiando as residências no bairro Alto da Colina. Em patrulhamento, na rua Colina Verde, próximo do numeral 58, foi visualizou um adolescente. Abordado, não havia nada de ilícito, porém ele confessou, que estava sem destino, porque que havia matado seu avô materno na noite anterior. Ainda que o corpo da vítima estava na residência dele, juntamente com a arma de fogo utilizada. Também disse que o avô se chamava Ismael Brant, morador de um sobrado, na Avenida Arcindo Sardo. Chegando ao endereço, a porta estava aberta. Logo a equipe Policial visualizou um Revólver Taurus, cal 38, sobre a mesa, com 3 estojos de munição deflagrados, sendo possível visualizar também o corpo da vítima sobre a cama. "O suspeito relatou que matou seu avô, porque ele disse que teria abusado sexualmente de sua mãe, quando ela era criança, que então teria desferido alguns socos contra ele e, posteriormente, pego a arma, que ficava embaixo do travesseiro da cama dele e desferido os disparos até as munições acabarem", informou a PM. O fato do abuso sexual, pode ser apenas um álibi usado pelo menor. (Fonte - Edi Henrique -  da Rádio Nova Am Apucarana)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA