15/10/2020

FAXINAL - Acusado da morte de "Fabinho Vassoler" é condenado

Luis Carlos (Carlinhos) foi condenado a 13,6 meses de prisão. Por conta da pandemia do Covid, o julgamento, presidido pelo Dr. Norton Thomé Zardo, foi transmitido, ao vivo,  pelo Youtube 
       Vídeo do julgamento  
        Neste  dia 15 de outubro, de 2020, começou às  09 horas da manhã,  o  julgamento de Luiz Carlos da Conceição, mais conhecido como "Carlinhos",  réu confesso do assassinato de Fábio José Vassoler, o popular "Fabinho Vassoler". O júri terminou após quase 08 horas (18:34), sendo o acusado condenado a 13,6 anos de prisão, regime fechado. Como ele já havia cumprido 1,8 anos, restaram 11,9 anos.  SOBRE O JURI -  Presidiu o júri, com muita competência, o excelentíssimo juiz de direito da comarca, Dr. Norton Thomé Zardo; na acusação atuou o  promotor Lucas Franco de Paula e com assistência dos advogados  Jose Teodoro Alves e seu filho Dr. Tiago Mariano Teodoro Alves, de Apucarana. Já o advogado de defesa, foi o Dr. João Matheus Bueno Cassarotti. Por conta da Pandemia, o julgamento foi transmitido pelo Youtube. O link ficou disponível na nossa página e por ser acesso clicando aqui. PRISÃO DO RÉU - Após o crime, em 2018, "Carlinhos" fugiu, mas, no ano seguinte, em 10 de fevereiro, de 2019, o Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, de Faxinal, o apresentou. Após denúncias e levantamentos e até escutas telefônicas, o procurado foi encontrado na região de Pitanga. Para que isso fosse possível, o investigador, de nome Davi, foi enviado para aquela cidade, o qual confirmou as suspeitas, possibilitando a captura. Ao ser trazido para Faxinal, deu a sua versão sobre os fatos, dizendo que ele, a vítima e outras pessoas conhecidas como "Dinei", sua esposa, e "Chaverinho", se envolveram em um confusão na Estrada do Areião, nas dependências do Frigorífico 3G, após Fábio Vassoler acusar ele e "Dinei", de ter roubado uma caminhoneta do referido Frigorífico 3G, e que, durante o atrito, Fábio teria agredido "Dinei", a esposa dele, e ainda correu atrás de "Carlinhos", momento em que sacou uma pistola 389 e o matou. Também confirmou que todos os homens citados estavam armados e haviam ingerido bebida alcoólica. Ao ser indagado, pelo repórter "Berimbau", Luiz Carlos disse que estava arrependido por ter tomado uma atitude tão agressiva diante da discussão em que acontecia, e que estava a disposição para pagar pelo crime. Clique aqui e veja a matéria da prisão. SOBRE O ASSASSINATO - O assassinato foi de grande repercussão em Faxinal e região, sendo a vítima, Fábio José Vassoler, a época, com 34 anos. O rapaz levou pelo menos quatro tiros na região da cabeça, braço e nas costas. O crime aconteceu na zona rural, Estrada do Areião, nas dependências do Frigorífico 3G, às 23:40 horas, de sábado, 28 de abril, de 2018.  Para rever a matéria,  clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA