26/01/2021

AMBIENTAL - Patrulha Ambiental de Lidianópolis faz balanço da Piracema

O grupo de pescadores voluntários, com sede no Porto Ubá, se dedica para cuidar do meio ambiente e proteger o Rio Ivaí 
       Em nota, a equipe da Patrulha Ambiental, que é um grupo de pescadores voluntários do Porto Ubá, em Lidianópolis-PR, divulgou o trabalho realizado pela equipe. Segundo informações, no período de Piracema, 2020 a 2021, em apenas quatro dias de arrastão ecológico fluvial, (12, 24 e 30 de dezembro, e no dia 15 de janeiro), os patrulheiros retiraram vários apetrechos de pesca predatória. Os membros da Patrulha, buscam informar a população e as pessoas que gostam de frequentar o Rio, que nesta época, para pescar, existem regras, por isso, são distribuídos panfletos informativos sobre o período da piracema, bem como informadas as sanções impostas a quem desobedecer, crimes previstos na lei 9605/98 art. 35, portaria do Ibama 025/2009, portaria do IAT.358/2020 e portaria do IAP. 135/2018. Nos referidos arrastões, quando a equipe flagra, ou encontra pescadores praticando a pesca irregular, apetrechos armados no rio ou abandonados em área de preservação permanente, todo material é recolhido e posteriormente encaminhado ao IAP, com a qualificação do pescador, via ofício,  e fotos dos apetrechos, para as providências cabíveis. "As fotos encaminhadas ao Blog do Berimbau, na sua maioria, não foram lavrado no ato do recolhimento, a notificação e procedimentos, mas, repassado ao IAP para assim proceder, até porque, na maioria não são encontrados os responsáveis. Isso ocorreu porque, ao perceber a embarcação da Patrulha, eles fogem deixando tudo para trás. Em alguns casos, na impossibilidade de condução do infrator, em conformidade com a Art.301CPP e portaria 135/2018, os materiais são recolhidos e, posteriormente, encaminhados ao IAP", informou nota divulgada pelo Valdir Batista, diretor da Patrulha, e Marildo Oliveira, que é o coordenador. Eles também divulgaram uma carta, a população, com demais orientações. Leia: "Comunicamos a população, em geral, que, a Patrulha ambiental, sempre estará à disposição, mesmo diante das dificuldades e a falta de recursos financeiros, pois estamos querendo fazer o melhor para o nosso meio ambiente e para as gerações futuras. Denuncie tudo que estiver em desacordo com o meio ambiente, tanto na fauna quanto na flora, que iremos, dentro a nossa possibilidade e condições averiguar. São inúmeras as denúncias de pesca predatória, tais como: pescar na piracema, pescar em local proibido e pesca do dourado. Com base na denúncia, a Patrulha Ambiental desenvolve os arrastões de educação ambiental, embarcado via fluvial e por terra, no trecho de jurisdição de 110km, que vai da ponte de São Pedro do Ivaí até o Porto de Areia, em Ivaiporã, trabalhando com maior ênfase, no período da piracema. Trabalho que é quinzenal. A Patrulha Ambiental, assim como toda a população, têm que preocupar-se com esse período da piracema, oferecendo a proteção para que os cardumes tenham condições de se reproduzir antes de serem capturados. Esclarecemos que, no período da piracema, os trabalhado tem sido voltado para a educação ambiental, conscientização e preservação do meio ambiente, trabalhando com uma ferramenta que, ao nosso ver, é mais importante e eficaz de todas, pois um povo educado, ambientalmente, pode fazer a diferença e os benefícios são creditados ao meio ambiente. Porém, com intuito de estar sempre atentos àquele que, por um motivo ou outro não tem ainda essa consciência ambiental, os trabalho vem sendo desenvolvido com ações diferentes e mais radical, pois, a comunidade consciente nos cobra, diariamente, fazendo denúncia de abusos ao meio ambiente, e com base nesse dados, a Patrulha Ambiental procura fazer sua parte. Todos os nossos patrulheiros trabalham uniformizado, e identificados, sempre em parceria com o IAP Ministério Público, respeitando as leis. Não compactuamos com qualquer conduta que esteja fora do estabelecido em nosso estatuto. Pedimos que acompanhe o dia a dia e os trabalhos da Patrulha, seja amigo e companheiro nessa luta, porque assim conseguiremos atingir nossos objetivos, porem se porventura observar algo diferente, nos ligue. Somos os mais preocupados com a lisura, queremos ser amigos e companheiros, sendo assim, junto vamos cuidar desse belo Rio Ivaí, de nossas belezas naturais, e de nossas florestas. Mais afirmamos, a patrulha trabalha apenas no intuito conscientizar e preservar a natureza, através da educação ambiental", diz a carta.  (Mais fotos no link abaixo)









Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA