21/01/2021

LUNARDELLI - Suspeito entrou em óbito ao confrontar com a equipe ROTAM

    Em Lunardelli, no dia 20 de janeiro, de 2021, no final da tarde, houve confronto entre a equipe ROTAM, de Ivaiporã e um jovem, de nome Abel Eduardo Souza, mais conhecido como "Abelzinho". O boletim de ocorrências foi divulgado somente neste dia 21 de janeiro, revelando alguns detalhes do fato, que consta como endereço inicial a Rua José Moraes dos Santos. Tudo começou quando uma pessoa solicitou a equipe RPA- Rádio Patrulha, viatura de São João do Ivaí, para atender, em Lunardelli, uma ameaça de morte e afirmando que o acusado estava portando um arma de fogo. Em apoio, foi solicitado a presença da ROTAM, já que o denunciado era conhecido no meio policial pela prática de diversos crimes e tinha, em seu desfavor, um mandado de prisão expedido pela comarca de São João do Ivaí, pelos crimes de: roubo, tráfico de drogas e furto qualificado. Durante patrulhamento, ao passar pelas proximidades da casa da vítima, foi visualizado o jovem em frente a um endereço citado por denúncias de tráfico. Ele, ao perceber a viatura, empreendeu fuga pulando diversos muros segurando algo na cintura, mesmo sendo dada ordem de parada por diversas vezes. Como os soldados o perderam de vista, a varredura continuou, até que, cerca de 40 minutos após, Abel foi visualizado na Rua Tibério José de Almeida Filho, no acesso a Vila Rural. Novamente ele iniciou a fuga e entrou em uma plantação de soja, sendo acompanhado. Ao tentar se esconder em meio a vegetação, foi visualizado por um policial. "Ao ser encontrado, levantou-se com uma arma de fogo em punho. O PM gritou  para que largasse a referida arma, ato continuo, ao não ser atendido, o soldado agindo em legítima defesa, afim de evitar injusta agressão, efetuou a técnica policial, alvejando o indivíduo", informou o boletim da PM. Foi acionado o SAMU para socorrer o alvejado, mas a equipe constatou o óbito. Foi solicitada a presença da polícia civil e o IML de Ivaiporã, os quais compareceram, fizeram os devidos levantamentos e tomaram as providências cabíveis. Até a publicação desta reportagem, não conseguimos contato com a família de Abel e nem  com a defesa. 

Um comentário:

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA