23/07/2021

APUCARANA - Delegada diz que irmãs gêmeas não foram abusadas

  A Delegada da Mulher, Luana Lopes, de Apucarana, descartou que as irmãs gêmeas tenham sido abusadas sexualmente. As informações da Policial, desmentem o esclarecem a suspeita de um plantão médico, que havia informado que poderia ser uma violência sexual. Como divulgamos, neste dia 23 de julho, de 2021, na Rua Rio Branco, ou mais, precisamente, no Hospital da Providência, um casal procurou a Unidade de Pronto Atendimento, por conta de suspeita de abuso contra as filhas, duas meninas gêmeas de três meses de vida. Segundo relatos dos pais, há dois dias, eles estavam notando, que ao pegar as crianças, na casa da babá, havia algo estranho, ou seja, na hora do banho nas bebês, perceberam que elas apresentavam coloração avermelhada na região das partes íntimas. As pacientes foram levada para a UPA, e depois no Hospital da Providência, onde a suspeita foi reforçada e a Polícia acionada. Portanto, após a análise da Delegacia, fica evidente que eram assaduras e que ninguém cometeu qualquer tipo de crime contra as bebês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA