05/07/2021

DENÚNCIA - Em Cândido de Abreu, moradores denunciam caçadores

 
Porco-espinho ferido por caçadores foi socorrido 
Alguns moradores da Barra Grande, zona rural em Cândido de Abreu, enviaram áudios para o Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, denunciando a caça ilegal ou, pelo, a caça de forma imprudente, na zona rural do município. Selecionamos um dos áudios, para publicação, mas a voz foi distorcida para evitar retaliações. Alguns trechos foram retirados, porque contem acusações graves, as quais vamos encaminhar, diretamente, para as autoridades competentes. Diz, inclusive, que vereadores de Manoel Ribas, ou um vereador, que vai ao local juntamente com os demais suspeitos. "Nós, que somos moradores da Barra Grande, não temos a segurança de trafegar mais pelas estradas rurais, porque os caçadores invadem as áreas particulares, caçam próximo das residências, atiram para todo lado e uma hora dessas uma bala perdida ainda vai atingir alguém. Esses dias, eu estava trafegando pela estrada, quando eu, e minha família, tivemos que parar, descer do carro e se esconder num barranco. Gente atirando, cachorro latindo, enfim, uma verdadeira baderna. Tem uns que dizem que tem carteira de caçador, mas a gente nem sabe se é verdade", disse o denunciante. Também afirmou a dificuldade para acionar a Polícia Militar, pois ao ligar 190, ao invés de cair na Central de Operações do Destacamento Local, a ligação é direcionada para Ivaiporã, 6ª Companhia Independente, que não tem nada a ver com o Destacamento de Cândido e Abreu. Outro morador, também enviou a foto de um Porco-espinho, que foi atingido por uma bala e ficou ferido. Os moradores prestaram socorro ao animal e o soltaram na natureza, novamente. PROVIDÊNCIAS - Nossa reportagem está encaminhado o caso para a Polícia Militar Ambiental e, o sargento Moser, de Cândido de Abreu, informou que, realmente há denúncias da caça sendo praticada de forma irregular naquela região. Ele pediu aos moradores que, quando houver a atividade no local, ao invés de ligar 190, que liguem no (43) 99643-0441, que é o telefone direito da viatura, para que, imediatamente, providências sejam tomadas.   (04 de julho, de 2021)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA