22/07/2021

MARILÂNDIA - Busca por possíveis abrigos de Morcegos

As buscas intensificaram após dois focos de raiva em herbívoros serem detectados e as mortes de cinco bovinos e um caprino

   A busca por possíveis abrigos de morcegos movimentou Marilândia do Sul nos últimos dias. A dedicada e competente equipe da Vigilância Sanitária municipal, equipe de Epidemiologia, 16° Regional de Apucarana e em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – ADAPAR, fizeram uma verdadeira força tarefa para tentar encontrar possíveis abrigos de Morcegos. Depois de dois focos de raiva em herbívoros serem detectados em propriedades rurais nas proximidades do Distrito de São José e Bairro Engenho Velho, onde cinco bovinos e um caprino morreram por conta da doença, foi realizado um grande trabalho para orientar e alertar os proprietários quanto a realização da vacinação em bovinos, equinos, caprinos, suínos. Assim como também os cães e gatos. "Além deste trabalho fizemos uma busca ativa de possíveis abrigos. O principal objetivo desta mobilização é mapear e cadastrar abrigos de morcegos hematófagos para identificar o foco da doença. O principal agente transmissor da raiva é o morcego hematófago da espécie Desmodus rotundus. Os morcegos hematófagos podem ser identificados através da característica das fezes caídas no chão, este morcego se alimenta de sangue, por isso as fezes têm coloração preta como se fosse um piche ou borra de café", informou a Vigilância Sanitária. Haviam relatos dos moradores da região, sobre um possível abrigo chamado “Grota dos Morcegos” dentro de uma mata, mas nada foi encontrado. Com o tempo, chuvas e erosões, o relevo da grota foi, totalmente modificado. Em outras propriedades, onde houve relato de possíveis abrigos, também não foram encontrados morcegos. Portanto se os moradores da área rural encontrarem ou tiverem conhecimento de abrigos com Morcegos Hematófagos devem comunicar a ADAPAR. Caso qualquer pessoa entre em contato com animal suspeito ou venha a ser agredido por morcegos, cães, gatos, procurar imediatamente o Posto de Saúde mais próximo. OBS: é importante ressaltar que não se devem matar aos morcegos, pois nem todos causam prejuízos e estão contaminados, os morcegos são animais silvestres da fauna brasileira e, portanto, são protegidos pela Lei n. 5.197 de 3 de janeiro de 1967, IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA