16/08/2021

SARANDI - Mais detalhes da morte de Diego Valentim dentro de um Hospital

Diego era conhecido como "Pestinha" e acusado de ligação com o tráfico de drogas. A morte seria uma retaliação na briga por pontos de venda 
MAIS DETALHES - Ganhou repercussão nacional, o caso do jovem Diego Henrique Valentim, conhecido pela alcunha de “Pestinha”, tido como um dos chefes do tráfico de drogas em Sarandi, na região metropolitana de Maringá, que foi executado, com vários tiros na tarde deste domingo, 15 de agosto, dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Metropolitano de Sarandi. A matéria é do portal do repórter Anderson Corujão, e revel que "Pestinha", estava na UTI, após ter sido baleado na última quarta-feira (11), na Rua Cezário Mancini, no Jardim Esperança. A ação criminosa contra ele, foi filmada por câmeras de segurança. Segundo as autoridades policiais da cidade, está acontecendo uma guerra entre quadrilhas de traficantes, e ela se intensificou nos últimos dias, com os integrantes dos grupos eliminando os adversários. A guerra seria pelo controle do tráfico no Jardim Esperança e região do Conjunto José Richa, na zona sul da cidade. Além do atentado contra "Pestinha", na quarta-feira, sábado, dia 14 de agosto, à noite, foi executado o também envolvido com o tráfico: Tiago de Freitas Ferreira, de 25 anos. Outras duas pessoas que estavam conversando com Tiago, também foram baleadas, porém estão fora de perigo. A PCPR informa, que as investigações entorno deste atentado estão bem adiantadas e pode ter ligação com a tentativa de homicídio registrada na última quarta-feira,(11/8). Para o delegado Adriano Garcia Evangelista, não há dúvidas, que a execução de Pestinha foi feita pelo mesmo grupo, que já tinha tentado matá-lo no meio da semana. Eles chegaram ao hospital em um Space Fox, renderam um dos seguranças e uma das atendentes e depois foram até a UTI. Na Unidade de Terapia Intensiva, obrigaram que uma outra funcionária abrisse a porta da UTI e na sequência cometeram a execução. Dez minutos depois, os três criminosos fugiram. Um foragido é suspeito do crime. O carro usado por ele, foi encontrado em uma estrada rural de Maringá, totalmente carbonizado. O veículo foi tomado de assalto dias atrás na cidade de Mandaguaçu. A defesa dos citados, busca justiça e nega que eles, inclusive, o "Pestinha", sejam traficantes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA