23/12/2021

BORRAZÓPOLIS - Polícia Civil recupera carne e prende suspeito do crime

O animal foi abatido na Fazenda Araguaia e denúncias, somadas as investigações, levaram a Polícia Civil até o endereço onde a carne estava escondida    
Na data do dia 23 de dezembro, de 2021, a equipe de investigação da Polícia Civil de Faxinal, recebeu informações, via ligação anônima, de que uma pessoa estava “colocando um boi no freezer”, referindo-se a um animal furtado e abatido em 22 de dezembro, de 2021, na propriedade de Gustavo Henrique de Lima, mais, precisamente, na Fazenda Araguaia - clique aqui - para rever matéria do furto, cujo boletim revela que o boi foi abatido no meio do pasto, com cerca de 200 quilos e até a cabeça do animal foi levada, restando somente as vísceras. Também foi informado o endereço onde a carne, exatamente, encontrava-se, ou seja, em um Bairro Urbano, próximo a Igreja Católica, na casa de uma familiar, que, a princípio, não sabia do ocorrido, mas, o acusado de autoria, seria morador da Vila Lourdes. O investigador Fernando Serpe Garcia, ao deslocar até o endereço onde o produto estava, foi feito contato com o suspeito, Paulo Fernando Moreira da Silva Maria, conhecido como "Paulinho Abóbora", o qual negou. 
 
"Ao ser questionado sobre a carne de seu freezer, este não apresentou qualquer comprovante de ter adquirido a carne, que estava com corte dos pedaços, todo irregular, ou seja, picado de qualquer jeito, e ainda não congelado, o que revela que havia sido, o animal, abatido há pouco tempo, conforme revelava a denúncia. Foram apreendidos 80 quilos de carne in natura e o suspeito encaminhado à Delegacia Regional de Polícia, de Faxinal, para providências de polícia Judiciária", informou a Polícia Civil.  As investigações ainda continuam para apontar quem seria o outro autor, já que o boi renderam um volume de carne ainda maior, por isso, a suspeita de mais envolvidos.  Paulo negou a prática do crime, dizendo que trouxe de um assentamento de Sem Terra, onde seu pai reside, apesar de não  conseguir comprovar  tal afirmação, segundo consta no boletim da Polícia Civil. O homem disse que vai provar inocência no decorrer do inquérito policial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA