19/12/2021

FAXINAL - Acusado de ameaçar mulher esconde arma na "Casinha de Cachorro"

Uma ocorrência conjunta das Polícias: Militar e Civil, culminou com a prisão do acusado e apreensão do armamento
 Uma ação conjunta da Polícia Militar, de Faxinal, Sargento Adami e Polícia Civil, Delegado Ricardo Mendes, culminou com prisão por posse irregular de amar de fogo de violência doméstica A ocorrência começou quando os soldados foram informações que um homem, J. M. S., estava conduzindo um Fiat Uno branco, portando uma arma de fogo e com a referida arma, ameaçando a sua mulher, sendo ela das iniciais C. S. J. Foram iniciadas diligências, até que próximo a Rua Manoel Moreira Vidal, onde foi encontrado o carro estacionado já na residência. Na parte externa, o autor foi abordado e recebeu voz de prisão. Ao sair em busca da vítima, já que ela não estava no local e, segundo testemunhas, havia tomando rumo ignorado para se proteger e proteger sua filha, os Policiais Militares encontraram o investigador Leite, da Polícia Civil, que já havia encontrado a feminina. Foi feita uma varredura na casa, mas a tal amar não foi encontrada. Neste momento, ambos foram levados para a Delegacia, onde as providências seriam tomadas. Ao chegar na 53ª DRP - Delegacia Regional de Polícia, o acusado resolveu colaborar e informou que a arma era um revólver calibre 38 e que ele estava na "Casinha de Cachorro". Neste instante, os Policiais: Civis e Militares, voltaram ao local e, conforme informado, a arma foi encontrada. Nomes não foram informados, mas a defesa do acusado, Jaidson, afirmou que ele nega a violência doméstica e vai esclarecer os demais fatos no decorrer do inquérito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA