03/12/2021

FAXINAL - Polícia Civil localiza arma com caminhoneiro após ameaça

A pessoa que figura como vítima nesta ocorrência, fez um agradecimento especial a Polícia Civil    
    Na noite, de 02 de dezembro, de 2021, quinta-feira, os investigadores da Polícia Civil, de Faxinal, comando do Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, foram acionados por duas vítimas, dando conta de que haviam tido uma discussão com um caminhoneiro e que ele havia efetuado um disparo de arma de fogo para o chão. Diante da informação relatada, foram feitas diligências e localizado o caminhão, bem como o motorista. Os Policiais Civis fizeram buscas e localizaram um revolver calibre .38 marca Taurus, com 13 munições intactas e uma deflagrada, sendo o autor conduzido para a delegacia de Faxinal para providências, bem como colhida a oitiva das vítimas. RELATO DA VÍTIMA -  A pessoa que foi vítima da ameaça, enviou uma nota a nossa reportagem, dizendo  que, voltando de Londrina, com destino à municipalidade, no entorno de Faxinal, ele, cidadão, e outros ocupantes do carro, tiveram  um desentendimento, decorrente de uma ultrapassagem, com um motorista de caminhão, que na hora da raiva e, desproporcionalmente, jogou o caminhão inteiro contra um veículo pequeno na rodovia, próximo ao trevo de Faxinal.  "Ao nos “fechar” e parar o caminhão no trevo, ele desceu do caminhão, armado,  teceu ameaças. Recorremos a Polícia Civil do município, e indicamos onde o caminhoneiro adentrou. No pronto atendimento à chamada, e de posse da placa do caminhão, a polícia civil encontrou a arma de calibre 38 (a qual foi disparada no chão pelo motorista do caminhão para que servisse de ameaça aos ocupantes do veículo) e o levaram detido para demais averiguações. Acima de tudo, quero agradecer o comprometimento dos investigadores Fernando Serpe Garcia, José Carlos Leite e Laercio Choratto Júnior, que, atendendo, prontamente, não pouparam esforços no sentido de encontrar o citado caminhão e, honrando o uniforme da polícia civil, conduziram a operação, impecavelmente. Vocês não  não imaginam o orgulho que dá de ser paranaense nesse momento.  Gostaria que toda polícia se espelhasse na figura desses investigadores que, mesmo atendendo diversos municípios da região, não pouparam esforços, numa quinta-feira à noite, para o êxito da operação. Como cidadão, nos sentimos ouvidos e atendidos com a devida importância que uma ameaça contra a vida dessa proporção, merece", escreveu a vítima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA