09/12/2021

SÃO JOÃO - Três ocorrências de ameaça e agressão envolvendo menores

AGRESSÃO
- No dia 08 de dezembro, 15h45min, uma senhora disse, que na presente data, por volta das 15h30min, o seu filho, de 14 anos, havia a agredido verbalmente e, após uma breve discussão, este partiu para as vias de fato e tentou, contra ela, estrangulamento. A mãe conseguiu desvencilhar-se e chamou a equipe policial. O filho foi levado para a delegacia de São João do Ivaí, sem o uso de algemas. A genitora revelou ainda que a chave do carro havia desaparecido e que o adolescente já deu muitos problemas, inclusive, furtando uma arma dos avôs, motivo pelo qual, esteve internado, recentemente, em uma instituição de ressocialização. Ao receber alta, chegou em casa, sumiu por uma noite, voltando sob o efeito de drogas e muito machucado. Nossa reportagem preservou nomes e endereço, para preservar a identidade do menor. OUTRO CASO - Ainda, no mesmo horário, houve outra ocorrência envolvendo menor, de 14 anos, mas a PM, não informou se foi com o mesmo adolescente da primeira situação. Informou apenas que, uma mulher contou que seu filho, 14 anos, desferiu socos e empurrões contra ela, contudo, seu pai, conseguiu socorrê-la. As agressões resultaram em escoriações nos braços. Diante dos fatos, a equipe da PM foi ao local e avistou a mulher fora da residência, com medo do adolescente, enquanto ele estava rindo dentro da casa. O acusado foi encaminhado para a delegacia e foi necessário o uso de algemas em razão do fundado receio de fuga. DANOS - Ainda, em São João do Ivaí, no dia 08 de dezembro, 21h10min, na Rua João Ribeiro, chegaram denúncias que havia alguns menores em via pública, os quais estava praticando vandalismo atirando pedras no quintal de uma senhora. No endereço, os soldados fizeram contato com a vítima, a qual passou a relatar que, por várias vezes, os menores atiram pedras em sua janela, bem como no telhado e até na sua motocicleta, sendo dois adolescentes, um deles conhecido da família e que vem provendo importunação sexual e seguindo algumas menores, ambas com 13 anos de idade, as quais são sobrinhas da dona da casa. Também que eles já mostraram arma branca para elas, as quais tem medo de ir para a escola, por conta destas ameaças. Todas as providências foram tomadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA