Páginas


25/12/2022

IVAIPORÃ - Furto de celular e três casos de violência doméstica

FURTO -
No dia 24 de dezembro, por volta das 11 horas, na Rua Brasília, a vítima contou que estava sentada na área externa de sua residência, conversando com familiares, quando deixou seu celular em cima da caixa de som e foi ao banheiro, ao retornar, o aparelho já não estava mais no local que havia deixado. Ela afirma que foi um jovem conhecido, pois este estava passando na rua neste momento. A solicitante foi atrás do suspeito, mas foi ameaçada pelo acusado, que teria dita que voltaria na casa para mata-la com um facão. Neste instante moradora voltou e ligou 190, mas o jovem desapareceu. AGRESSÃO - No dia 24 de dezembro, véspera de Natal, por volta das 22h30min., na Rua Céu Azul, houve uma confusão durante uma confraternização. A mulher alega que o marido começou a exibir uma arma de brinquedo, momento em que os amigos não gostaram da brincadeira e foram embora. Houve uma discussão entre o casal, instante em que a esposa quebrou a arma, mas foi agredida com socos e puxões de cabelo. Em meio a confusão, a vítima alega ter usando uma garrafa para se defender, atingindo a cabeça do homem. Depois pediu ajuda para vizinhos, sendo então a Polícia acionada. O segundo caso, foi no dia 25 de dezembro, de madrugada, na Rua Nilo Peçanha, onde houve denúncias de vizinhos. Com a chegada da Polícia, foram ouvidos gritos e barulho de objetos quebrando. Na casa, a mulher acatou as ordens e disse que eles entraram vias de fatos e se agrediram mutuamente. O homem não quis acatar a ordem de abordagem e teria feito ameaças aos soldados, dizendo que se vingaria. Ele terminou detido. Houve ainda um terceiro caso, às 03h52min., na Travessa Esperança. A esposa contou que estava em uma confraternização, quando recebeu um vídeo do marido com outra mulher em um bar. Quando ele chegou, foi tirar satisfação e acabaram brigando, sendo agredida com socos na face e chutes, bem como a pegou pelos cabelos e arremessou-a contra o solo, fazendo com que batesse a cabeça e perdeu a consciência. Familiares acionaram o Samu. O home foi detido próximo ao campo de futebol da Vila Monte Castelo, e preso em flagrante. Ele negou crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...