Páginas


22/12/2022

Serviços essenciais lideram reclamações junto ao Procon Apucarana

Os denominados serviços essenciais – água, energia elétrica e telefonia – foram os segmentos com maiores reclamações de consumidores junto ao Procon Apucarana. Os três setores corresponderam a 1.197 atendimentos registrados no período de 02 de janeiro a 22 de dezembro de 2022, ou 43,76% dos 2.750 procedimentos instaurados no decorrer do ano. Os serviços financeiros – empréstimos consignados, cartões de crédito, renegociação de dívidas, financiamentos (veículos e imobiliários) – tiveram 922 registros, correspondendo a 33,53%. Os dados foram divulgados hoje (22/12), pelo coordenador geral do Procon Apucarana, advogado José Carlos Balan. Conforme o relatório, os números totais superaram 2021, como relata o coordenador. “Em igual período do ano passado, havíamos registrado 2.198 atendimentos, com os dois segmentos correspondendo a 1.323 registros, sendo 730 no financeiro e 593 nos essenciais. Neste ano, passada a pandemia de Covid 19, foi possível constatar que muitas pessoas estão em dificuldades financeiras, procurando o Procon para equacionar seus débitos com bancos e operadoras de cartão de crédito, bem como quitar as dívidas de água e energia elétrica”, explica o advogado. Outro dado interessante do relatório diz respeito à faixa etária das pessoas que procuraram o Procon Apucarana. “Nosso banco de dados mostra que foram atendidas 1.341 pessoas entre 51 a 70 anos de idade, um significativo número de aposentados – maiores de 60 anos – que tiveram descontos indevidos em seus proventos previdenciários. Financeiras, as mais diversas, utilizando de um mecanismo chamado ‘biometria facial’, formalizaram contratos de empréstimos consignados, sem informações claras à pessoa”, relata o coordenador. De acordo com o advogado, felizmente foi possível reverter a grande maioria dos casos, restituindo os valores ao banco ou financeira, cessando os débitos na aposentadoria das pessoas, regularizando, assim, a vida financeira. No tocante a renegociação de dívidas, o Procon Apucarana integrou o Mutirão Nacional, coordenado pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, Federação Nacional de Bancos e Serasa. A orientação era informar que as propostas de negociação deveriam ser realizadas na plataforma consumidor.gov.br, com prazo de cinco dias úteis para resposta. “No entanto, muitas pessoas pediam nossa intervenção para renegociar as dívidas e, felizmente, logramos êxito em obter bons descontos para o pagamento parcelado dos débitos, com redução de juros e outros acréscimos”, relata o coordenador do Procon Apucarana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...