sexta-feira, 11 de maio de 2018

NOVO ITACOLOMI - ASSALTO

Recuperado, em Borrazópolis, um dos veículos levado da casa do Presidente da Câmara de Vereadores, que foi invadida por bandidos na zona rural de Novo Itacolomi 

Foi localizado no dia 10 de maio, no início da tarde, em meio a um milharal da Fazenda Vassoler (Próximo a Rodovia), o veículo Toyota Ethios, roubado em Novo Itacolomi.  Conforme divulgamos, bandidos fortemente armados invadiram duas residências geminadas (anexas) localizadas às margens da Rodovia do Milho, PR 170, em Novo Itacolomi, quase na divisa com Borrazópolis, Bairro Ponte Preta. Os imóveis ficam no Sítio São Sebastião, que pertence ao vereador e Presidente da Câmara Ivanil da Silva,  o conhecido "Vanil", e seu pai popularmente chamado de  "Tião". Era por volta das 19:30 horas,  quando os marginais chegaram no local e fizeram pelo menos cinco reféns: Sebastião da Silva,  sua esposa e também a mulher do vereador e as três filhas. O político tinha ido a Maringá, participar de um leilão e recebeu a notícia por telefone. A PM só foi acionada após a meia noite. "Quando nossa equipe de PMs chegou no local, as vítimas estavam trancadas no interior da residência. Conseguimos abrir uma das portas, libertar os moradores, os quais revelaram que cinco indivíduos armados com pistolas e rostos cobertos por capuzes, entraram por um acesso lateral da propriedade e anunciaram o roubo. As famílias foram colocadas em apenas um cômodo, enquanto os marginais vasculhavam tudo e pediam dinheiro e também informações de onde ficava o cofre. Por volta das 20h30min, dois deles fugiram levando a caminhonete Toyota/ Hilux, cor branca, placas BAI-0818, Novo Itacolomi/PR, ano 2017/18, e os demais permaneceram até às 23h45min. Na sequência evadiram-se com um Toyota/ Ethios HB Cross, cor branca, placas BAI-0223, Novo Itacolomi/PR, ano 2017/18", informou a PM ao Blog do Berimbau. Também foram roubados diversos pertences e certa quantia em dinheiro. Os próprios autores teriam revelado que o destino da caminhoneta de luxo seria o Paraguai. Todos os levantamentos foram feitos e o caso é investigado. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário