quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

BORRAZÓPOLIS- Populares se revoltam com ladrão que invade casas

Na região do Calçadão,  um rapaz conhecido como "Dingo", foi denunciado após supostamente entrar em pelo menos  mais duas residências para furtar 
                  Em Borrazópolis um rapaz que é suspeito de estar aterrorizando a cidade com a prática de furtos em residências, de nome Sérgio Henrique Oliveira Marques, o conhecido "Dingo", foi denunciado por moradores, na terça-feira, dia 04 de dezembro, de 2018. Dessa vez ele teria agido na região da Rua Alagoas e Rio Grande do Sul. Era noite, quando populares relataram ter visto o rapaz pulando o muro da casa de Sandra Sapatieiri, com uma Bolsa, na região da Rua Rio Grande do Sul com a Rua Piauí. Em seguida foi localizada uma bicicleta, nos fundos da residência de Sandra, que ele tentou furtar, mas abandou devido os vizinhos e clientes, que estavam no conhecido "Bar da Nair", terem percebido a movimentação e impedido o delito. A PM ainda foi informada que o rapaz, antes de pular o muro da casa de Sandra, teria entrado em outra residência, então foi feito contato com a terceira vítima, esta moradora da Rua Alagoas, a qual pediu para não ter o seu nome divulgado, mais das inciais  A. M. S.  Ela disse que estava  na casa de seu pai, que mora em frente sua residência, e, ao voltar para sua casa, nos fundos, percebeu que a janela do banheiro havia sido arrombada. Foi levada uma bolsa, que tinha, em seu interior, uma carteira preta com documentos e a quantia de R$ 120,00 reais, e também um cofrinho, contendo aproximadamente R$180,00 reais. Esse furto  foi  praticado antes do meliante pular o muro da casa de Sandra Sapatieiri, inclusive era a bolsa dela que ele carregava quando foi percebido por populares. A polícia fez buscas e não conseguiu prender o acusado. Durante a madrugada, a referida carteira de Áurea, foi jogada no jardim da Rádio Nova Era, que fica localizada na Avenida Paraná. Nela estava documentos e cartões, mas o dinheiro desapareceu. REVOLTA - Em Borrazópolis, a comunidade vive um clima de revolta, pois praticamente toda semana, são registrados pequenos furtos, onde o autor aproveita o descuido das vítimas, e entra nas casas, mesmo como os moradores estando em seu interior,  e furta celulares, carteiras e outros objetos de valor.  Até a publicação desta reportagem,  "Dingo", não havia sido localizado para dar sua versão sobre os fatos. Segundo familiares, ele nega a prática dos delitos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.