terça-feira, 4 de dezembro de 2018

INTERDIÇÃO - LONDRINA a TAMARANA

Trecho da estrada entre Londrina e o distrito de Irerê, no Norte do estado, será interditado para lançamento de vigas
Um trecho de um quilômetro da PR-445 será novamente interditado nesta quarta-feira para o lançamento das vigas que fazem parte da construção das pontes nas marginais da rodovia. Os trabalhos são uma etapa da obra de duplicação entre Londrina e o Distrito de Irerê, na região Norte do estado. A interdição acontece a partir das 8 da manhã, entre os quilômetros 64 e 65, próximo aos Ribeirões Cafezal e Três Bocas. O DER, Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná, alerta que o trânsito deve ficar lento e orienta que os motoristas procurem rotas alternativas. A movimentação de trabalhadores e máquinas será intensa. Por isso, os condutores que passarem pelo trecho precisam estar atentos à sinalização e aos limites de velocidade. Para garantir a segurança dos motoristas, o local contará com sinalização indicando interrupção do trânsito e orientação de agentes da Polícia Rodoviária Estadual. Em caso de chuva, os serviços serão adiados. Uma nova interdição está programada para o dia 14 deste mês, sexta-feira da semana que vem, quando o bloqueio será total no trecho entre os quilômetros 61 e 63, da uma às cinco da tarde. O Governo do Estado está investindo cerca de 93 milhões de reais na duplicação de mais de 15 quilômetros da PR-445, entre Londrina e o Distrito de Irerê. A obra é uma reivindicação antiga da população e dá continuidade ao projeto de modernização da rodovia. Os trabalhos estão na fase de terraplanagem e drenagem, e a duração prevista é de 24 meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.