terça-feira, 18 de dezembro de 2018

IVAIPORÃ - VEÍCULO DO CONSELHO É QUEIMADO

Conselheiras a trabalho, tiveram que abandonar o veículo em uma estrada rural, após falha mecânica. Três dias depois, quando a prefeitura foi resgatar o carro, ele estava destruído 
           Em Ivaiporã, neste dia 18 de dezembro, de 2018, a presidente do Conselho Tutelar, Vanda Honório, procurou a Polícia Civil, para registrar um boletim de ocorrências. Antes, nossa reportagem, Blog do Berimbau, conseguiu falar com a Conselheira, que afirmou que acreditava que o incêndio havia sido criminoso, e que destruiu completamente o veículo do Conselho, que estava parado, com problemas mecânicos, na estrada da Água da Limeira, região do Distrito de Santa Bárbara, na zona rural. "No dia 15 de dezembro, nossa equipe foi ao endereço, para atender uma ocorrência envolvendo menor em situação de risco, mas em um determinado ponto da estrada, o  Fiat Uno, que já não estava em boas condições, apresentou falha mecânica. Impossibilidade de o trazer, o deixamos no local e informamos a prefeitura. No dia 16, disseram que não poderiam buscas o carro, por falta de mecânico. Também recebemos uma ligação, às 20 horas,  do vice-prefeito Ilson, dizendo que alguém havia danificado os vidros do veículo. No dia 17, fui até a prefeitura e deixei as chaves com o responsável por resgatar o Uno, mas o servidor disse não ter encontrado o veículo com falhas mecânicas. Então procuramos a Polícia Civil para informar o fato. No mesmo dia 17, à tarde, no pátio da prefeitura, fui informada que o Fiat foi incendiado", informou Vanda. Na segunda-feira, ela voltou a delegacia para informar o fato. Também disse a Polícia Civil, que recebeu um áudio em seu Whatsapp, de uma pessoa dizendo que viu o carro queimar, e que ela desconfia que este indivíduo tenha colocado fogo no automóvel. "Nós, aqui do Conselho, ficamos muito tristes e decepcionados com o fato. Comunicamos todos os órgãos competentes e estamos solicitando mais segurança para que possamos desempenhar o nosso trabalho. Agradecemos a Polícia Militar, que tem nos apoiados, todas as vezes que a acionamos, e esperamos que este episódio do carro fique  esclarecido", finalizou a presidente Vanda.  A prefeitura informou que a responsabilidade do carro do Conselho, é do Conselho Tutelar, e não se pode dizer que entregou as chaves, dando a entender que a responsabilidade de não deixar o carro abandonado seria do poder público municipal, pois o  Conselho é um poder independente, que tem presidente, membros e sua responsabilidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA