quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

ROSÁRIO - Trágico, homem morre afogado durante pescaria

A vítima estava acampada nas margens do Rio do Peixe, no Bairro Água do Acampamento quando entrou na água e morreu afogado
            Durante à noite, de 24 de dezembro, e a madrugada do Natal, dia 25 de dezembro, policiais militares de Rosário do Ivaí,  que estão 24 horas por dia, prestando serviços a comunidade, cujo plantão era dos soldados Barros e Fernando;  e a Polícia Civil, de Grandes Rios, representada pelo investigador Abel, praticamente amanheceram o dia atendendo um caso de morte no local conhecido como "Água do Acampamento", em Rosário do Ivaí. Assim foi a madrugada de Natal, deste policiais. Segundo informações apuradas pelo Blog do Berimbau e Rádio Nova Era,  um homem, que há algum tempo estava  trabalhando para agricultores, que a princípio seu nome poderia ser  Tarquino Jose Vicente Bicalho, de 62 anos, convidou uma  outra pessoa, o conhecido "Mineiro", e decidiram fazer uma pescaria no Rio, no domingo, dia 23 de dezembro. No local, eles fizeram uma barraca e também levaram bebida alcoólica, a princípio pinga. Na segunda-feira, o "Mineiro" deixou  Tarquino José sozinho, no local, mas voltou à noite, trazendo mais bebida, quando  percebeu que ele não estava no barraco que fizeram nos fundos do Sítio do Carmo, às margens do Rio do Peixe. Ao procura-lo, o encontrou morto dentro do Rio, às margens do barranco e uma galhada. Foram acionados: Polícia Civil;  Ronaldo Sabino, que é agente de Perícia do IML de Ivaiporã, Polícia Militar.  Segundo informações, José perdeu os documentos, e fez até um boletim na PM. A carteira dele havia sido encontrada e estava em um Posto de Combustível, a qual foi resgatada.  A investigação não conseguiu contato com parentes e, oficialmente, não se sabe se realmente a pessoa dos documentos encontrados,  seria a mesma que faleceu, por isso, no IML consta como vítima não identificada. Todas as providências estão sendo tomadas. Se alguém conhece José Tarquino,  ou pode colaborar com a investigação, para esclarecer se é realmente esta pessoa que faleceu, ligue  43 3474 1245 ou  43 99962 0345





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA