segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

APUCARANA - Ocorrências de tráfico na Vila Reis e Orlando Bacarim

Na Vila Reis, o dono da casa foi detido acusado de tráfico. No local havia uma pessoa que informou estar comprando droga para vender em Rio Bom. Já no Orlando Bacarim, havia droga e arma 
             A Polícia Militar, de Apucarana, registrou ocorrências de tráfico de drogas, no primeiro final de semana de fevereiro, de 2019, dias 02 e 03 de fevereiro, de 2019. Uma delas foi na Travessa Luiz Martins, na Vila Reis. Houve denúncia que, em uma casa, havia intensa movimentação de usuários, cujo local seria de um cidadão de nome Pedro e sua esposa, os quais mantém no endereço, uma baca de fumo, e utilizam uma motocicleta de trilha para entregar o entorpecente. Ao chegar ao local, foi visualizada uma moto Yamaha, parada com o condutor de nome Paulo, pegando algo de um homem que estava na calçada, o qual correu para dentro do imóvel. Com Paulo, foram localizadas 27 porções de crack e a quantia de R$1.121,00. Logo ele disse ter comprado para revender em Rio Bom. Ao avançar para dentro do quintal, foi abordado um jovem com uma porção de crack, dizendo que comprou de Pedro. Dentro da residência, foram abordadas mais quatro pessoas, entre elas,  menores. Também havia várias porções de cocaína e crack, além da quantia de R$1.363,20 em notas trocadas e moedas, provavelmente proveniente da venda de entorpecentes. Todas as providências foram tomadas e o caso foi entregue na delegacia. Ao todo foram sete detidos, sendo dois menores; R$ 2.548,60 e 28 pedras de crack, totalizando 6.3 gramas e 15.8 gramas de Cocaína, divididas em 49 buchas. OUTRO CASO – Também, em Apucarana, no dia 04 de janeiro, houve ocorrência de tráfico, na Rua Edineia Gomes, no Bairro Orlando Bacarim. Um rapaz de nome Elton, foi detido, após denúncia de que ele utilizava um Gol branco para fazer a entrega de drogas. Ao diligenciar, o rapaz foi encontrado, mas não havia nada de ilícito com ele e nem no veículo. Já na residência do suspeito, a PM apreendeu: uma balança de precisão; um revolver calibre 38 especial e 14 munições; o valor de R$686,00 reais, que segundo a PM, Elton disse ser oriundo da venda de drogas; uma touca ninja; um rolo de papel filme; a quantia de 4,3 gramas de cocaína; maconha pesando 27,8 gramas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA