quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

FAXINAL - Polícia apreendeu mercadorias sem nota em Loja

           A equipe do Delegado, Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, de Faxinal, foi, no dia 06 de fevereiro, de 2019, até uma loja que fica localizada no centro da cidade. No local, foram encontrados  produtos sem notas fiscais. A empresa pertence a pessoa de Daniela Krulewski, a qual não foi encontrada no local, mas segundo seu advogado, ela iria se apresentar na Delegacia, nas próximas horas para apresentar sua defesa. A princípio, a mercadoria tem indícios de ser do Paraguai, o que caracterizaria receptação qualificada, que pode ser definida pelo fato de adquirir, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, desmontar, montar, remontar, vender, expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, fato que deve saber ser produto de origem ilícita, como contrabando ou contravenção.    "O comércio informal existe em praticamente todo os locais, pois muitos comerciantes buscam mercadorias na "25 de Março" em São Paulo e em outros grades centros, mais posso assegurar que a cliente é inocente e apenas está trabalhando de forma lícita", disse o Dr. José Teodoro, advogado de Daniela. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA