quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

PROJETO - Deputados apoiam criação de rodovia entre Apucarana e Londrina


   Os deputados estaduais Arilson Chiorato (PT), de Apucarana, e Tercilio Turini de Londrina, protocolaram nesta quarta (13) requerimento ao Governo Estadual solicitando a retomada das discussões e análises sobre a construção da “Rodovia do Desenvolvimento”. O prefeito em exercício de Apucarana Sebastião Ferreira Martins Junior, o Junior da Femac, esteve na Assembleia Legislativa articulando a questão junto aos dois deputados.  A discussão sobre a nova ligação rodoviária foi aberta em novembro de 2018 pelo prefeito Beto Preto, que tratou do tema com o deputado Tercílio Turini e com o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati. A proposta é criar uma ligação direta entre os municípios de Apucarana e Londrina através da Estrada Irineu Sachelli, cortando o município de Londrina pelas já existentes rodovias Álvaro Godoy e a PR-445.  O deputado Arilson Chiorato destaca que este projeto é muito positivo para o desenvolvimento de toda a região. “A Rodovia do Desenvolvimento vai permitir que Apucarana e o Vale do Ivaí, tenham uma ligação direta com Londrina e outros municípios do Norte Pioneiro sem passar por nenhuma praça de pedágio”, conta.   Para ele, outro ponto positivo é o fato de que esta via também desafoga o trânsito para aqueles que percorrem o trecho Londrina – Apucarana “Hoje, quem vai de Apucarana para Londrina, além de pagar pedágio, acaba precisando atravessar o município de Arapongas e enfrentando congestionamentos em horários de pico”, salienta.  Ainda segundo o deputado, o projeto não traz apenas uma nova via de logística, mas também contemplaria milhares de veículos que circulam pelas rodovias da região .“Não apenas os caminhões e o setor de logística se beneficiariam com isso. Afinal, a saúde, a educação, a segurança e nossos cidadãos também circulam por essas vias”.  Arilson salienta a viabilidade deste projeto “Atualmente para você percorrer esse trajeto, desde o município de Assaí, passando por Londrina até Apucarana vai trafegar pelo Anel de Integração, que além do alto preço do pedágio, também possui uma rota mais longa do que a que estamos propondo”, salienta.   Para Junior da Femac, a proposta levantada por Beto Preto é de grande valor para toda a região. “Esta alternativa viária pode viabilizar novas áreas industriais e fortalecer o desenvolvimento regional”, avalia Junior, acrescentando que o prefeito Marcelo Belinati e o deputado estadual por Londrina, Tercílio Turini, também apoiam esta idéia.  Outro fator destacado por Arilson Chiorato é o de que a rodovia pode ser criada a partir de estradas vicinais, como a Irineu Sachelli. “Temos estradas rurais que fazem várias ligações entre os os dois municípios da região em trajetos mais curtos e isso facilita o projeto”, conclui Chiorato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA