sábado, 2 de fevereiro de 2019

RIO BOM - Cidadão registra queixa contra empresa de Consórcio

A vítima disse que foi induzida a contratar um consórcio e pagar um lance para ter acesso ao montante total, mas isso não ocorreu 
            Em Rio Bom, um cidadão procurou o Destacamento da Polícia Militar para registrar um suposto estelionato contra uma empresa, com a qual fez consórcio. "Por volta das 09:30 horas, de 1º de fevereiro, procurou a PM, um cidadão informando que fez um contrato com a Multimarcas, que é um Grupo de administração de consórcio, com sede em Belo Horizonte MG. Ele disse que assinou contrato na cidade de Londrina, com uma representante, a qual informou que o consórcio seria de 60 parcelas de R$1.251,31, porém foi orientado para que pagasse a quantia de R$3.310,00, pois com este lance, seria contemplado ao valor total do crédito, (R$65.860,00), e que realizou a quitação no dia 20 de julho de 2018. Posteriormente quitou a primeira parcela de R$1.251,31, porém até a data, não foi contemplado", informou o boletim da Polícia Militar. Ele disse também que em novembro, chegou outra fatura, no valor de R$2.295,82, com vencimento no dia 11/02/2019 e que tentou tentou fazer contato com a representante, mas não conseguiu. "O reclamante afirmou que, a princípio, queria fazer um financiamento para adquirir um caminhão, mas que foi induzido a fazer o consórcio, pois de início seria contemplado e assim as parcelas seriam mais baixa", finalizou o boletim. Nossa reportagem tentou o contato com a representante, mas até a publicação da reportagem, não conseguimos. Já a empresa, informa que pode ter havido um erro de comunicação  ou desacordo, mas jamais estelionato ou algo do gênero, por se tratar de um grupo sério, já conhecido em todo Brasil.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA