quinta-feira, 13 de junho de 2019

FAXINAL -Resultado do Julgamento do conhecido "Batata"

João Batista Lopes, o conhecido "Batata",  foi a julgamento  por conta de um tiroteio que aconteceu na famosa "Vila Nova". No dia dos fatos, dois foram baleados
                      Nossa reportagem ouviu o  Dr. Edneuds Batista, de Rosário do Ivaí, que foi nomeado como advogado de defesa, para atuar em um julgamento na Comarca de Faxinal.  Sentou no banco dos réus, neste dia 13 de junho, de 2019,  o João Batista Lopes, mais conhecido como "Batata", de aproximadamente 40 anos. No dia dos fatos, 22 de setembro, de 2007, o acusado estava com um revólver, mas há relatos que ele poderia estar com duas armas.  Relato de testemunhas afirmaram que aconteceu um verdadeiro tiroteio, resultando  em três vítimas: Vagner da Silva Domingos, do "Boquinha",  que não chegou a ser ferido  (tentativa branca); Rubens Carreira, o "Carreira", que recebeu um tiro no abdômen e já é falecido; e Renilson Gomes de Jesus, de 41 anos, com um tiro na perna. Na data, várias pessoas, entre elas, mulheres e crianças passavam pelo local, por isso, por pouco não ocorreu uma tragédia. Investigações apontam que, dias antes do crime, foi morto  Elton, tio do acusado e neto de uma  mulher,  de nome Carmelinda, também conhecia como  Dona Carmem ou "Vovó do Tráfico", a qual já foi assassinada em agosto, de 2018, (clique aqui para rever assassinato). Havia informações  que o grupo ligado a "Boquinha", poderia ter envolvimento com com a morte, inclusive que ele estava querendo dominar a região da Vila Nova e Vila Velha. A princípio, esse foi o  motivo do confronto que resultou em um verdadeiro tiroteio,  onde "Batata" foi apontado como o atirador; o qual teria contado com apoio de  Leonildo Sérgio Donato, que é seu tio e já foi condenado no passado, ficando cerca de 4 anos preso.  RESULTADO - Leonildo foi absolvido em relação as duas vítimas baleadas e foi condenado, a 1,8 anos, regime aberto,  pela tentativa de homicídio privilegiada  contra o "Boquinha". O jurados entenderam que ele agiu com forte emoção, porque a tal vítima poderia ter envolvimento com a morte de seu tio, portanto, ele não ficará preso.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA