quarta-feira, 12 de junho de 2019

JARDIM ALEGRE - Alvino Cândido, o "Preto" deixa Polícia Civil

Após anos de dedicação e muita competência, o agente Alvino Cândido, o "Preto", terá que deixar sua função de agente da Polícia Civil    
          Amigos de Jardim Alegre, assim como a Polícia Civil, 54º DRP - Delegacia Regional, de Ivaiporã, estão desapontadas com o fato de que o agente Alvino Cândido, carinhosamente chamado de "Preto", não vai mais atuar como um servidor lotado na Delegacia de Polícia, unidade de Jardim Alegre. Informações que apuramos, é que devido ao fato de Alvino ser um funcionário da prefeitura, sua função no concurso, não permitirá mais que ele continue prestando serviço a PC. Durante mais de 10 anos, atuando como agente da Polícia Civil, o servidor teve o reconhecimento pelo bom trabalho prestado a sociedade. Para a nossa reportagem, foram inúmeras as entrevistas que fizemos com o Delegado Dr. Gustavo Dante, atualmente chefe da 17ª SDP - Subdivisão Policial, de Apucarana, o qual nunca economizou elogios a Alvino, dizendo que ele era o seu braço direito e foi de suma importância na resolução de muitos casos, não só em Jardim Alegre, mas também em Ivaiporã. Um dos exemplo, foi em fevereiro, de 2016, quando meliantes sequestraram, em Faxinal, o taxista José Maria de Castro, na época com 72 anos, mais conhecido como "Ieié". Menos de 24 horas, após o assassinato, que chocou a região, o caso estava solucionado e os meliantes identificados, cujo desfecho, foi entre Jardim Alegre e Lidianópolis. Outro fato, foi em 2015, quando "Preto", também participou da prisão de Valnir Martins Freitas, o famoso "Caveira", que ficou anos sendo procurado e foi destaque até em programas de Tv, como o "Linha Direta", da Rede Globo. Novamente, Alvino Cândido, com seu trabalho dedicado, foi essencial para sua prisão, após assalto a uma lotérica de Lidianópolis. Antes da publicação desta reportagem, falamos com "Preto"; ele disse que estava feliz pela oportunidade de trabalhar com a honrosa Polícia Civil, agradeceu os quatro delegados, com quem trabalhou durante todo esse tempo; aos prefeitos que o mantiveram no cargo, pela confiança, inclusive o prefeito Furlan, que precisou realizar o procedimento para evitar transtornos ao município,  e a todos que o acolheram e o apoiaram nesta missão que chega ao fim, apesar de prometer continuar atuando em prol da segurança pública, mesmo de forma voluntária. Em nota, a Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, desejaram boa sorte a Alvino em sua nova caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA