sexta-feira, 7 de junho de 2019

PARANÁ - Governo vai retomar obras paralisadas em outras gestões

           O Governo do Paraná instituiu um grupo de trabalho para dar andamento às obras de grande porte que foram paralisadas em gestões anteriores. Formado por representantes de várias secretarias e órgãos do Estado e coordenado pela Casa Civil, o grupo será responsável por elaborar um plano de retomada e programar a conclusão das obras. No levantamento feito pelo governo, entregue ao Tribunal de Contas do Estado no primeiro trimestre deste ano, foram identificadas 43 obras paradas, todas com valores superiores a um milhão e 500 mil reais. Destas, 30 são de responsabilidade única do Estado e 13 realizadas em parceria com municípios e União. Entre elas se destacam o Corredor Aeroporto-Rodoferroviária e o corredor da Marechal Floriano Peixoto, em São José dos Pinhais, orçadas em mais de 70 milhões de reais, que deveriam ter sido concluídas na Copa do Mundo de 2014. Segundo o chefe da Casa Civil, Guto Silva, o governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou que ações sejam tomadas para alterar este panorama. O presidente do grupo de trabalho, João Augusto Branco Cobra, assessor especial da Casa Civil, afirmou que o objetivo do governador é que todas as obras sejam concluídas.  O custo global das 43 obras listadas é de 281 milhões e 200 mil reais, sendo que quase 36% deste montante já foi desembolsado pelo Governo do Estado. Destas obras, 27 já contam com previsão de retomada. Cobra explicou que o grupo formado vai se concentrar em avaliar a questão orçamentária e jurídica de cada uma e estabelecer um cronograma de trabalho para a conclusão.   Outra missão será ampliar o relatório preliminar, que se concentrou apenas em obras acima de um milhão e 500 mil reais. Segundo o presidente do grupo, o trabalho multidisciplinar vai permitir que profissionais e ferramentas das diversas secretarias e órgãos do Estado possam suprir a necessidade uns dos outros, para que as atividades essenciais para a continuidade das obras sejam realizadas de forma mais rápida e com menor custo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA