segunda-feira, 15 de julho de 2019

CRIMES - Quadrilha ataca carro-forte entre Reserva e Cândido Abreu

                ENTREVISTA EXCLUSIVA                
Os marginais, fortemente armados, cruzaram uma carreta, que saiu de Ivaiporã,  na rodovia para tentar parar um carro-forte, ação que foi frustrada. Caminhoneiro e investigador Brasil Filho, falaram ao repórter Berimbau
  Matéria exclusiva com o investigador Brasil Filho e com o caminhoneiro assaltado 
  Bandidos fortemente armados, tentaram interceptar um carro-forte na PR-487, entre Reserva e Cândido de Abreu, na região Central do Paraná. Em entrevista a Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, o investigador Brasil Filho, de Reserva, e também o caminhoneiro, das iniciais M. O. M., de 33 anos, que saiu de Ivaiporã, contaram detalhes do crimes. "Eu estava em viagem de Ivaiporã sentido Ponta Grossa e, quando parei em Cândido de Abreu, encostou uma S-10 prata e parou ao meu lado. Logo um marginal entrou na carreta e disse que era para eu fazer o que ele mandasse. Das 11 da manhã até às 15 horas, fui feito refém, sem saber o que o indivíduo queria, até que naquele ponto da Rodovia, ele mandou eu cruzar a carreta na pista. Eu obedeci, mas não fiz exatamente como ele desejava, sobrando uma passagem, por onde o carro-forte atravessou. O desconhecido começou a me xingar, instante que desci da carreta e saí correndo", informou carreteiro, em entrevista exclusive ao repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau". Brasil Filho, relatou que uma Duster branca, usada no crime, estava equipada com uma chapa metálica na parte traseira e uma espécie de certeira, que é um suporte para encaixar arma de grosso calibre e atirar com mais segurança e precisão. Como o assalto não deu certo, os marginais fugiram na S-10, já a Duster, eles capotaram e abandonaram. No boletim, da Polícia Militar, segurança informaram que tiros foram disparados contra o carro-forte: "No carro-forte haviam marcas de 3 disparos de armas de fogo, possivelmente de calibre 7.62 e 5.56. Os vigilantes informaram que, próximo ao Distrito de Tereza Cristina, notou a aproximação de um Renault Duster, cujo os indivíduo começaram a atirar em direção ao carro-forte, começando então um confronto armado, momento em que o veículo Duster colidiu com um caminhão, capotando e saindo da pista. Populares de Cândido de Abreu informaram que os indivíduos haviam tentado efetuar o roubo e evadiram-se em uma camionete S10 de cor prata", informou o Boletim da Companhia Independente de Telêmaco Borba. A ação ousada, foi no dia 15 de julho, de 2019. Logo em seguida, o cerco foi fechado em toda região, mas até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. O crime é investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA