sexta-feira, 13 de setembro de 2019

IVAIPORÃ - Denúncia de crime ambiental no Horto Florestal

O dano foi atribuído a prefeitura, mas a gestão atual divulgou  nota e  boletim da Polícia Militar Ambiental atestando que já pediu providências para identificar o verdadeiro autor 
       O Blog do Berimbau e a Rádio Nova Era, receberam uma denúncia, de Ivaiporã. Ela informou que a Prefeitura estava cometendo um crime ambiental no Horto Florestal, conhecido como a última grande mata remanescente na área urbana de Ivaiporã, ao lado Jardim Casagrande 4. Junto com a denúncia, também recebemos fotos comprovando a devastação no local. Nossa reportagem fez contato com a prefeitura, a qual, por meio de uma nota, informou que realmente houve um dano ambiental no local, mas que não foi a prefeitura, inclusive há um boletim de ocorrência, onde a administração acionou a Polícia Militar Ambiental e registrou o ocorrido pedindo providências, fato ocorrido em 27 de agosto, de 2019. Leia a nota da prefeitura na íntegra: "O Departamento de Meio Ambiente, da Prefeitura, recebeu a denúncia no dia 27 de agosto e imediatamente informou a Polícia Florestal, que já fez diligências para encontrar o autor. As investigações continuam, desde então, com Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia de Polícia. O técnico do Meio Ambiente, Valdinei Slapak, assegura que a Prefeitura já planeja a recuperação da área degradada e vai continuar buscando o infrator para responder pelo crime ambiental. Por fim, a Prefeitura de Ivaiporã informa que todas as providências estão sendo tomadas para esclarecer o fato e que repudia as acusações infundadas de sua autoria no crime ambiental", diz nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA