quarta-feira, 11 de setembro de 2019

IVAIPORÃ - Prefeitura realiza ações voltadas à prevenção do suicídio

           Em setembro, as ações de conscientização sobre a prevenção do suicídio são reforçadas no país e no mundo. O mês foi indicado em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que é celebrado no dia 10 de setembro. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o suicídio é uma das principais causas de morte no mundo.  Visando contribuir com a prevenção dos casos de suicídio de crianças, jovens e adultos, a Prefeitura de Ivaiporã intensificou as ações, por meio do Departamento Municipal de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), decorando árvores com mensagens escritas à mão e palavras de apoio contra a depressão e o suicídio, bem como promovendo palestras em estabelecimentos de ensino.  Na terça-feira, dia 10 de setembro, a equipe do Caps (Centro de Atenção Psicosocial) expôs um laço amarelo na Praça Manoel Teodoro da Rocha, onde abordou a população para explicar os objetivos da campanha Setembro Amarelo, doar roupas em parceria com o Centro da Juventude e oferecer um abraço para desejar um bom dia.   Palestras   -  No dia 5 de setembro, equipes do Departamento Municipal de Saúde iniciaram uma série de debates sobre o aumento dos índices de depressão e suicídio, causas e como evita-las. Os debates foram realizados, por exemplo, Fatec (Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí), Ceebja (Centro Estadual de Educação Básica Para Jovens e Adultos) e Rádio Esperança.  Na quarta-feira, dia 11 de setembro, os debates foram realizados no Centro da Juventude para profissionais dos projetos sociais.  As equipes de saúde também irão falar sobre depressão e suicídio na Unidade Básica de Saúde São Luiz, dia 17, às 13h00; Campus do IFPR, dia 23, às 09h00; Rádio Esperança, dia 24, às 11h00; Colégio Barão do Cerro Azul, dia 25, às 08h30; e no Centro da Juventude, dia 26, às 09h00.  Segundo a psicóloga do Departamento Municipal de Saúde, Lumi Hashimoto, as rodas de conversas envolvem psicólogas, médicos, professores e alunos, que debatem sobre depressão, angústia, desamparo, automutilação, suicídio e as possibilidades de cuidado.  O diretor do Departamento Municipal de Saúde, Claudeney Martins, alerta que é necessário falar sobre os temas e incentivar quem precisar a procurar ajuda profissional. (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA