quinta-feira, 12 de setembro de 2019

REINTEGRAÇÃO - Fazenda é desocupada em Roncador e preocupa MST

O clima ficou tenso nos acampamentos do Paraná, onde as famílias ainda estão na condição de invasoras 
          Familiares do MST - Movimento Sem Terra e de outras movimentos que ocupam fazendas no Paraná e que ainda não conseguiram a posse das terra, ficaram preocupadas com o que aconteceu em Roncador. Um líder do movimento, que não quis se identificar, disse que os atuais governos (Estadual e Federal) já sinalizaram apoio a fazendeiros, mas que os assentamentos já provaram que a terra nas mãos das famílias, tem se transformado em renda geração de emprego no campo.  Mas na madrugada, deste dia 12 de setembro, de 2019, um grande comboio, cerca de 150 policiais militares, deram apoio ao cumprimento de reintegração de posse em uma propriedade rural localizada na região do Bairro Rio Azul. O local estava ocupado desde o ano de 2017. Policiais do 11º Batalhão, Choque de Maringá, Rotam de Cianorte, Cruzeiro do Oeste, Colorado, Paranavaí, Policia Rodoviária Estadual, policiais do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb-FV) e Corpo de Bombeiros. As famílias receberam apoio logístico e foram abrigadas, provisoriamente, no Ginásio de Esportes. As informações são da Polícia Militar e do Portal Central R3. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA