sábado, 23 de maio de 2020

ARAPUÃ - Homem que atirou na cabeça foi sepultado em Arapuã

Informações da esposa dão conta de que a própria vítima foi quem disparou o tiro  na cabeça durante uma brincadeira. Gravemente ferido, ele não resistiu 
   A cidade de Arapuã, ficou profundamente enlutada com a morte de Luciano Siqueira da Silva, 31 anos. Seu corpo foi sepultado neste sábado, dia 23 de maio, de 2020, com grande comoção. Um cidadão trabalhador, querido  e que vai deixar saudades. Ele faleceu internado em um hospital de Arapongas.  Na sexta-feira, dia 22 de maio, a família recebeu a notícia do seu falecimento. O corpo foi liberado no IML de Apucarana para a Funerária Nacional, de Ivaiporã. Após velório, o sepultamento foi realizado. SOBRE O CASO - O  Delegado Aldair, de Ivaiporã, instaurou inquérito para apurar o que teria ocorrido durante o disparo que atingiu a cabeça de um homem, de nome Luciano, em Arapuã. As primeiras conclusões é de que não foi uma tentativa de suicídio, e sim, uma brincadeira que terminou com o incidente.  Como noticiamos,  o homem foi socorrido em estado grave, após, supostamente, atirar contra a própria cabeça, no início a madrugada, deste dia 20 de maio. Em nota, a Polícia Militar informou que foi acionada com informações de disparos de arma de fogo. Ao chegar ao endereço, deparou com o homem sendo amparado por familiares, ferido na cabeça. O SAMU - Serviço de Atendimento Móvel  de Urgência também já havia chegado. A mulher da vítima contou que ele chegou, às 00:25 horas, sob efeito de álcool, na companhia de um colega, sendo que ela foi esquentar a janta, momento em que ele foi no quarto e pegou um revolver calibre 32. Logo voltou até a sala, onde se encontrava a mulher, uma cunhada e um colega. Chamou atenção de todos e disse: essa arma não faz nada, querem ver? e apontou para sua cabeça apertando o gatilho. A arma não disparou, então ele puxou novamente o gatilho e atingiu a própria cabeça. Com a chegada da Polícia e Socorristas, as devidas providências foram tomadas. A arma estava no chão, com duas munições, sendo uma deflagrada e outra picotada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA