quinta-feira, 21 de maio de 2020

BORRAZÓPOLIS - Terreno imundo é alvo de operação limpeza

No dia em que a secretaria de saúde anunciou epidemia de Dengue em Borrazópolis, a sujeira encontrada em um terreno, na Rua Pernambuco, chamou atenção

                                    Assista a live                                           
No live acima, assista e veja imagens impressionantes da sujeira encontrada no terreno. Já no link de vídeo, a direita, o exemplo do morador que fez adequações na fossa para evitar a proliferação do mosquito da dengue 
Em Borrazópolis, no dia 20 de maio, de 2020, os enfermeiros Alexandro Pasqualin e a Camila Batista, anunciaram, pela Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, que a cidade estava entrando para o status de  município com epidemia de dengue, com mais de 40 casos confirmados - clique aqui - para rever a reportagem.  24 horas depois, o repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau", acompanhou a equipe de Vigilância Sanitária, coordenada pelo Alexandro e também a equipe de limpeza, cujo chefe é o Edson Domingues (Edião do Meio Fio), que foram até uma data, com moradores, que fica no final da Rua Pernambuco, quase na esquina com a Rua Ponta Porã. No local, foi encontrada uma situação absurda. O morador mantinha o seu quintal complemente imundo.  Havia muito mato, tábuas de madeira, pneus, sacolas plásticas, garrafas pets e outros. Também foram encontrados pequenos galinheiros, água parada e materiais diversos que deveriam ser reciclados.  Após denúncias de vizinhos, a fiscalização havia comparecido no local, e foi preciso acionar a Polícia, porque o morador reagiu. Ele foi notificado, mas como no prazo estipulado, quinze dias, não fez a limpeza, a prefeitura se encarregou de fazer o serviço, aplicando a devida multa. Dizer que de um quintal seriam retirados caminhões e mais caminhões de lixo, as pessoas poderiam duvidar, por isso, fomos ao local e registramos imagens.  Assista a live acima, com entrevista do enfermeiro Alexandro Pasqualin e veja o que encontramos. EXEMPLO - Numa outra residência, ao lado, encontramos um exemplo a ser seguido. Outro morador, que estava com a fossa irregular, ou seja, com aberturas que permitem a proliferação do mosquito da dengue, foi notificado, mas imediatamente tomou as providências e a fossa dele foi utilizada como um modelo a ser seguido pelos demais. Esta segunda reportagem, está no link de vídeo do youtube, também postado a direita desta reportagem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA