11/05/2020

COVID - Estado tem 1.723 leitos exclusivos para pacientes de Covid-19

          O Governo do Paraná mantém 1.723 leitos hospitalares em funcionamento, entre UTIs e enfermarias, para o atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19. São 549 leitos de UTI adulto, 37 UTIs pediátricas e 1.137 de enfermaria, dos quais 67 pediátricos. A estrutura atende todas as macrorregiões do Estado e foi implantada ou aprimorada na rede hospitalar estadual já existente, além de contar com leitos contratados em hospitais particulares e filantrópicos. A Secretaria de Estado da Saúde também trabalha com a perspectiva de aumentar a disponibilidade para pacientes com o novo coronavírus, dependendo do avanço da pandemia no Estado. Além daqueles já em funcionamento, também se somam mais 2.115 leitos contratados, 631 de UTI e 1.484 de enfermaria, que serão ativados, caso necessário. De acordo com o último boletim epidemiológico da Saúde, divulgado no domingo (10), a taxa de ocupação dos leitos de UTI da Covid-19 é de 35% no Estado, com 191 pacientes internados. Na enfermaria, o índice é de 19%, com 207 pessoas internadas. ESTRATÉGIA – A estratégia do Governo, ressalta o governador Carlos Massa Ratinho Junior, é usar a estrutura hospitalar já existente no Paraná, sem que haja a necessidade de construir hospitais de campanha, como acontece em outros estados. Em março, ele anunciou a criação de 1.048 novos leitos – 317 de UTI – para o suporte médico-hospitalar dos pacientes com Covid-19, número que já foi superado. “O Paraná conta com um sistema de saúde forte e regionalizado, com hospitais de qualidade em diversas cidades. Isso evita que o paciente receba o tratamento longe de sua residência”, diz o governador. “Era um planejamento que já tínhamos para a área da saúde e que foi agilizado por causa da pandemia da Covid-19”, afirma. A conclusão das obras dos hospitais regionais de Telêmaco Borba (Campos Gerais), Guarapuava (Centro) e Ivaiporã (Vale do Ivaí) foram aceleradas por conta da pandemia. “Trabalhamos com diferentes cenários para garantir o atendimento sem sobrecarregar o sistema de saúde”, destaca o secretário estadual da Saúde Beto Preto. Leia mais no link abaixo 
ENTRE OS CINCO – Um levantamento divulgado na quinta-feira (07) pelo IBGE mostra a preparação dos estados para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O Paraná está entre os cinco estados brasileiros com a melhor distribuição de leitos de UTI, com 18 leitos para cada 100 mil habitantes. O Estado também divide com o Mato Grosso do Sul a sexta posição na quantidade de respiradores, com 31 equipamentos por 100 mil habitantes. Nas duas situações é a melhor posição no Sul do País. Com relação aos profissionais de saúde, o Paraná também se destaca. Está em nono no número de médicos (209/100 mil) e em oitavo no de enfermeiros (128/100 mil). LEITOS POR REGIÃO – São 916 leitos na macrorregião Leste para pessoas com o novo coronavírus, sendo 329 UTIs e 587 enfermarias. Isso inclui 36 hospitais de Curitiba, Araucária, Campina Grande do Sul, Campo Largo, São José dos Pinhais, União da Vitória, Paranaguá, Ponta Grossa, Castro, Irati, Telêmaco Borba, Guarapuava, Laranjeiras do Sul e Lapa. A capacidade de atendimento da região pode ser ampliada para mais 1.176 leitos, 287 UTIs e 889 enfermarias. Na macrorregião Oeste, 19 hospitais de Cascavel, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Pato Branco, Toledo, Assis Chateaubriand, Matelândia, Chopinzinho, Mangueirinha, Coronel Vivida, Palmas, Palotina, Santa Isabel do Oeste, Dois Vizinhos e Pranchita somam 206 leitos para pacientes com o novo coronavírus, 73 de UTI e 134 enfermarias. Outros 307 leitos estão disponíveis para serem ativados na região, 114 UTIs e 193 enfermarias. A população da macrorregião Noroeste conta com 331 leitos, 102 de UTI e 228 de enfermaria. A estrutura está dividida entre 17 hospitais Maringá, Umuarama, Paranavaí, Sarandi, Colorado, Mandaguari, Campo Mourão, Goioerê, Cianorte e Loanda. Além destes, mais 354 leitos podem ativados, 114 de UTI e 240 de enfermaria. As unidades disponibilizadas para a macrorregião Norte somam 269 leitos, 82 UTIs e 187 enfermarias. Eles estão distribuídos em 15 hospitais de Londrina, Arapongas, Apucarana, Ivaiporã, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Bandeirantes e Santo Antônio da Platina. Há, ainda, a disponibilidade de mais 116 UTIs e 162 enfermarias, totalizando 278 novos leitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA