domingo, 24 de maio de 2020

EMBRIAGUEZ - Lidianópolis e Jandaia do Sul com embriaguez ao volante

LIDIANÓPOLIS - Em Jardim Alegre, no dia 23 de maio, às 14:03, na Rua Juscelino Kubitschek, em patrulhamento pelo pátio do posto de combustível Progresso, localizado às margens da rodovia PR-466, em frente ao campo de futebol, visualizou o veículo Ford Escort, de cor cinza, trafegando em zigue-zague, colocando em risco outros condutores e pedestres. Foi dada voz de abordagem, sendo constatado embriaguez. Diz o boletim que o motorista não conseguia responder aos questionamentos. O teste do bafômetro aferiu 0,85mg/l. Diante dos fatos, o veículo foi removido para o pátio do DETRAN e dada voz de prisão. A PM não revelou o nome do motorista preso. JANDAIA - Em Jandaia do Sul, também houve acusação de embriaguez, após acidente registrado, no dia 23 de maio, às 19 horas, na Av. Getúlio Vargas. A PM informou que houve batida entre dois carros, porem, aparentemente, um dos condutores estava com sintomas de embriaguez alcoólica. No local, apurou-se que um VW/Gol prata, conduzido por um homem, de 71 anos, encontrava-se parado, aguardando o sinal vermelho do semáforo, quando percebeu que um veículo GM/Corsa, de cor escura, colidiu com a traseira, lado esquerdo. Em seguida tentou evadir-se pela Avenida Getúlio Vargas, porém foi acompanhado por populares até ser abordado. O motorista tem 33 anos, apresentava sinais claros de embriaguez alcoólica e danos no farol e para-choque dianteiro, lado direito, do carro. Havia pendências junto ao Detran,  e ele não possuía “CNH”. A princípio, o acusado tentou fazer o teste do bafômetro, mas não conseguiu devido a embriaguez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA