segunda-feira, 11 de maio de 2020

JANDAIA - Dentista preso acusado de exibir órgão genital para criança

Ilustrativa 

Diante da gravidade da denúncia, o Delegado Gustavo de Pinho Alves foi ao consultório, onde os fatos supostamente ocorreram, e deu voz de prisão ao acusado. O suspeito nega o crime

O Delegado Dr. Gustavo de Pinho Alves, de Jandaia do Sul, juntamente com sua equipe, foi até um consultório odontológico na Avenida Getúlio Vargas, na tarde deste dia 11 de maio, de 2020, em Jandaia, para prender um dentista acusado de um crime grave. Segundo informações, uma mulher informou que levou a sobrinha, de 10 anos, no referido consultório, para tratamento dentário. O acusado, ao ser avisado da chegada da paciente, levou a menina para uma sala de atendimento, sem a presença da tia. Após terminar o procedimento, a menina saiu chorando e, segundo relatos da familiar, apavorada. Logo ela relatou que o dentista havia retirado o órgão genital para fora e exibido a ela. Também afirmou que, em um outro atendimento anterior, o mesmo fato havia ocorrido. Diante da gravidade da denúncia, o delegado decidiu por sua condução até a delegacia. O nome do suspeito não foi revelado para a Polícia Civil, mas apuramos que seria o conhecido Dr. Valmir. Em seu depoimento, o profissional de saúde negou veementemente o crime, alegando que apenas soltou o cinto para arrumar o botão da calça que estava desprendendo.  Após pagar fiança, Valmir foi liberado para responder em liberdade. Caso o fato fique provado, o homem  pode incorrer no Art. 218-A. do Código Penal, que é: praticar, na presença de alguém menor de 14 (catorze) anos, ou induzi-lo a presenciar, conjunção carnal ou outro ato libidinoso, a fim de satisfazer lascívia própria ou de outrem. Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos. Após a publicação, o Dentista divulgou uma nota de esclarecimento que pode ser lida, na íntegra, na imagem logo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA