29/05/2021

IVAIPORÃ - Mais detalhes da morte do Cabo Batista, infectado com a covid

 A 6ª Companhia Independente da Polícia Militar, de Ivaiporã, e o 10º Batalhão, de Apucarana, lamentaram o ocorrido  
   Em Ivaiporã, neste sábado (29 de maio de 2021), a triste notícia do falecimento do "Cabo Batista"; seu nome Rinaldo Batista Franco, 54 anos, que entrou óbito infectado com a Covid-19. Ele era policial militar, já estava na reserva, cuja aposentadoria foi quando encontrava-se lotado na 6ª CIPM - Companhia Independente da Polícia Militar (6ª CIPM). A instituição, que tem como comandante o 1º tenente Vinícius Castro, divulgou nota revelando que o Cabo RR Rinaldo Batista Franco, era natural de Maringá, nasceu no dia 4 de fevereiro de 1967; ingressou na Polícia Militar em 17 de setembro de 1987, atuando como Soldado no 10º Batalhão de Polícia Militar. Nos seus 25 anos na Instituição, deixou um legado de bravura, respeito, conhecimento, comprometimento, companheirismo e lealdade. Desempenhou diversas funções enquanto policial, sendo a sua última atribuição. como Cabo no CMEIV pela 6ª CIPM. Com uma carreira e conduta ilibadas e sempre em busca do conhecimento, aperfeiçoamento pessoal e profissional, o PM deixará saudades pelo seu alto grau de comprometimento e dedicação ao serviço, o que fez com que tivesse uma carreira honesta e com grandes amigos formados na caserna. O Cabo era muito bem quisto e respeitado por seus companheiros, tinha um ótimo relacionamento com a tropa e com a sociedade em geral, em especial na região de Ivaiporã, sempre preocupado com os policiais militares e com a segurança pública. "A Polícia Militar do Paraná presta a sua Continência ao Cabo RR Rinaldo Batista Franco", publicou a 6ª CIPM. Veja a nota do 10º Batalhão: "É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do Cabo Batista, da reserva da polícia militar do paraná, lotado. Ele trabalhou na patrulha escolar, ultimamente, integrante da equipe de endemias, combate à dengue em Ivaiporã. Batista também era participante de atividades de futebol onde mantinha muitas amizade". SOBRE O FALECIMENTO - O policial foi internado no Hospital Regional de Ivaiporã, infectado com a covid-19, e devido ao agravamento, precisou ser intubado. Infelizmente não resistiu e entrou em óbito, em 29 de maio. Casado com Sandra Costa Franco e pai de Samuel e Francielly, ele deixou a família e a comunidade enlutada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA